Cidadeverde.com
Geral

Preso por incêndio a ônibus iria comprar carro de juiz do MA

Imprimir
  • greco_dinheiro.jpg Divulgação/SSP-PI
  • preso1.jpg Divulgação/SSP-PI
  • preso.jpg Divulgação/SSP-PI
  • leo_gor.jpg Divulgação/SSP-PI
  • greco_leo.jpg Divulgação/SSP-PI
  • dinheiro.jpg Divulgação/SSP-PI

Um dos presos na Operação IGNIS negociava a compra do veículo de um juiz do Maranhão. O Cidadeverde.com apurou que o preso Leonardo Oliveira da Costa, conhecido como Léo Gordinho, estava com o carro e a quantia de R$ 190 mil em espécie para comprá-lo.  O veículo é uma SW4 e vale mais de R$ 200 mil quando comprado novo, diretamente na concessionária.

Leonardo e mais nove pessoas foram presas suspeitas de participação nos incêndios a ônibus no mês de março em Teresina. 

A operação foi realizada nesta sexta (26) pelo Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) em parceria com a  Diretoria de Inteligência da Secretaria Estadual da Segurança Pública, Delegacia Especializada em Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), Delegacia de Polícia Interestadual (Polinter) e Delegacia de Repressão ao Narcotráfico de Timon (MA). 

Lista de Presos

1) Leonardo Oliveira da Costa (conhecido como Léo Gordinho)
2. Alandilson Cardoso Passos
3. Jardielson dos Santos Souza (conhecido como Dielsin do Afegão)
4. John Pablo Ferreira de Araújo
5. W.M. C.G (adolescente suspeito de participação no crime)

Suspeitos que já cumprem pena no sistema prisional:

6. Marcos Willian da Silva (conhecido como Butiê)
7. Gregório Rodrigues de Sousa (o Psico)
8. Matheus Pierre dos Santos (Guerreirinho)
9. Tiago Henrique Portela Gomes (o Fantasma)
10. Antoniel Kelson dos Santos (Toniel)


Carlienne Carpaso
carliene@cidadeverde.com 

Imprimir