Cidadeverde.com
Geral

Suspeito de assalto a bancos é preso ao fazer família refém no Piauí

Imprimir

Foto: Divulgação/SSP

A Secretaria Estadual de Segurança informa que foi feita a prisão de um homem suspeito de integrar a quadrilha que assaltou agências bancárias do município de Campo Maior, a 78 Km de Teresina, no último dia 30 de abril.

Segundo nota da secretaria, o suspeito, identificado como Pedro Henrique de Oliveira Moura é natural de Minas Gerais e foi preso quando fazia uma família refém na divisa entre os estados do Piauí e Ceará. 

O suspeito estava com um fuzil e tentava fugir para o Ceará.  O coordenador do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), delegado Tales Gomes, informou ao Cidadeverde.com que a prisão de Pedro Henrique foi feita em Chaval (CE). 

“Ele foi preso após ser flagrado na rodovia com veículo que havia roubado na cidade de Cocal,no Piauí, onde rendeu uma família e saiu com o proprietário do carro no sentido de fugir para o Ceará. Ele também estava portando carteira de habilitação com nome falso”, conta o coordenador.

Com ele, a polícia encontrou fuzil e munições. O suspeito foi conduzido para o Greco sendo autuado pelo roubo do veículo e roubo aos bancos ocorridos praticados em Campo Maior.  

 

A operação que tenta desarticular a quadrilha já resultou em oito mortos e seis presos. 

Todos os mortos na operação são naturais de Uberlândia (MG), exceto Peulo César Santos, conhecido como Paulo Madruga, que é natural de Teresina.

Pelo menos 10 criminosos armados com fuzis e pistolas participaram dos ataques ao Banco do Brasil e Caixa Econômica. 

 

Izabella Pimentel
[email protected]

Imprimir