Cidadeverde.com
Cidades

Seca: Morro Cabeça do Tempo decreta estado de emergência

Imprimir

O município de Morro Cabeça do Tempo decretou estado de emergência por conta da estiagem. O decreto publicado no Diário Oficial diz que a seca causou sérios problemas ao abastecimento para consumo humano e animal.

Segundo a prefeitura, há 20 anos o município sofre com a escassez de água, sendo cada ano mais grave que o outro.

"As chuvas mal distribuídas da região não viabilizaram as recargas dos açudes da zona Rural, provocando escassez de água e preocupação tanto para consumo humano, quanto para o abastecimento dos rebanhos", diz o decreto assinado pelo prefeito Antonio Carlos Batista.

As localidades atingidas são Cruz, Umbuzeiro, Brejinho, Tobos, Baixão do Mel, Baixão das Cabaças, Bernardo, Desejado, Lagoa do Arroz, Guaipaba, Barracão, Cajueiro, Taboas, Encruzilhada, Mandacaru, Bebe Mijo, Lagoa da Burra, Quixaba, Espinhos, Lagoa de João Grande, Baixão Fundo I, Baixão Fundo II, São Pedro, Barreiras, Tabocas, Floresta, Lagoa da Pedra, Caldeirão, Boa Esperança, Lagoa do Junco, Taboleiro, Tamburi, Vaca Preta, Santa Cruz, Gameleira, Lucas, Bela VIsta II, Bela Vista, Lagoa dos Passaros, Bom Jardim, Volta do Riacho, Altamira, São Pedro, Sitio Novo.

O decreto permanecerá até o abastecimento de água na região voltar a normalidade. O documento relata ainda que várias famílias perderam a produção de grãos, ficando sem o básico para subsistência.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Imprimir