Cidadeverde.com
Últimas

MPT-PI apura exploração do trabalho infantil na venda de cocadas em Teresina

Imprimir

No Brasil, o 12 de junho foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Infantil. Em Teresina, somente nos primeiros meses do ano, 35 crianças e adolescentes foram flagrados sendo explorados para o trabalho, de acordo com dados do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti). 

"No ano passado, tivemos a identificação de 39 casos. Desses, apenas 19 aderiram às nossas acolhidas nas diversas políticas públicas. Esse ano, até agora, temos 35 casos identificados", disse Franciana Belenenses, coordenadora do Peti em Teresina.

Edno Moura, procurador do Ministério Público do Trabalho no Piauí, destaca que houve um aumento de crianças sendo exploradas para o trabalho. 

"Obviamente estimulado pelo cenário econômico ruim que estamos vivendo. A sociedade precisa ajudar mais no combate ao trabalho infantil, não apenas sendo pontual achando que está ajudando, quando dá esmola ou compra um produto comercializado por uma criança. Nesses casos, a pessoa acaba que estimulando essa prática que, infelizmente, faz parte do nosso cenário", disse Moura. 

O procurador frisa que há um trabalho do MPT em Teresina para identificar os responsáveis pela exploração do trabalho infantil, especificamente, na comercialização de cocadas. 

"O maior desafio é a questão da mentalidade. Há uma cultura que estimula o trabalho infantil, graças a uma premissa bastante equivocada. Parte da sociedade entende que a ociosidade das crianças se combate com o trabalho. Outra parte, menos favorecida do ponto de vista econômico, acha que ali é uma forma de aumentar a renda da família. Estamos investigando essa situação [venda de cocadas], tentando identificar a pessoa que está explorando a mão de obra dessas crianças. Estamos trabalhando também com o poder público para tentar minimizar ou diminuir o número de crianças que estão trabalhando nas vias públicas", finaliza o procurador do MPT-PI. 


Com informações Notícia da Manhã e Jornal Cidade Verde
redacao@cidadeverde.com

Imprimir