Cidadeverde.com
Geral

Piauiense é morto no DF por militar que o acusava de ter um caso com sua esposa

Imprimir

Um militar da reserva da Aeronáutica, identificado como Juenil Bonfim de Queiroz, de 56 anos, é suspeito de ter matado a mulher e um vizinho na região do Cruzeiro, no Distrito Federal. O crime ocorreu nessa quinta-feira (13) e foi registrado em vídeo feito pelo companheiro do vizinho do militar.

O vídeo mostra que Juenil acusa a mulher, Francisca Naíde de Oliveira Queiroz, de 57 anos, de ter um caso com Francisco de Assis Pereira da Silva, de 41 anos. Francisco, que era homossexual e vivia há cinco anos com o companheiro que registrou o momento dos disparos, seria natural do Piauí.

"Se você pegar nesse telefone, ele (Francisco) morre agora", diz o sargento a mulher. Momentos depois ele efetua os disparos.

Francisca foi atingida por pelo menos quatro disparos e morreu na hora. Francisco de Assis foi atingido por um tiro na cabeça. Ele chegou a ser levado para um hospital mas não resistiu ao ferimento. O companheiro do piauiense não foi ferido.

Após efetuar os disparos, Juenil diz “É assim que a gente resolve”.

O sargento reformado foi preso em flagrante. O crime é investigado como feminicídio seguido de homicídio.

Segundo informações repassadas a TV Cidade Verde, o corpo de Francisco de Assis deve chegar ao Piauí por volta de 14h30.

Valmir Macêdo (Com informações de Tiago Melo)
redacao@cidadeverde.com

Imprimir