Cidadeverde.com
Últimas

No dia do Doador, Hemopi investe em interação

Imprimir

A funcionária pública Vanessa Silva veio da cidade de Água Branca para doar sangue nesta sexta-feira. Ela escolheu 14 de junho, quando se comemora o Dia Mundial do Doador de Sangue, como uma forma de estimular os colegas que não puderam vir. "Eu já sou doadora, trouxe mais dois colegas para doar e escolhi esse dia pelo significado", disse. 

Ela encontrou o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi) todo decorado e animado em ritmo junino para lembrar a data instituída pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como Dia Mundial do Doador de Sangue. 

O secretário de Estado da Saúde, Florentino Veras Neto, lembrou que o Hemopi é o único hemocentro do Piauí, responsável por atender toda a rede hospitalar pública e privada do Estado. Ele aproveitou para anunciar que o Hemopi deve ganhar mais autonomia administrativa pela especificidade do serviço que presta dentro do sistema de saúde estadual. 

Para o diretor geral Jurandir Martins, o Hemopi deve investir mais em ações que aproximem o hemocentro da comunidade. "O Brasil ainda não conseguiu atingir a porcentagem ideal de população doadora de sangue indicada pela OMS, então precisamos investir em ações educativas que informem o público e atraia quem já é doador como também novos doadores", declarou. 
 
Uma das novidades para esse ano é o lançamento de um totem interativo, além de peças publicitárias que circulam na capital estimulando a doação de sangue. O doador, ao vir doar no Hemopi, pode contribuir interagindo com o mobiliário que simula um coração sendo preenchido com o sangue dos doadores. A peça fez sucesso durante essa manhã de comemoração. 

O superintendente de assistência à saúde da Secretaria de Estado da Saúde do Piauí, Alderico Tavares, lembrou da sua experiência como médico cirurgião e da importância de um serviço que consiga atender a demanda por sangue. "Para nós que estamos lá na ponta, atendendo nos hospitais, o trabalho do Hemopi é de suma importância, porque o sangue é essencial nesses casos. Sabemos do compromisso desse hemocentro em entregar hemoderivados de qualidade", afirmou.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir