Cidadeverde.com
Esporte

Argentina volta perder na estreia da Copa América 40 anos depois

Imprimir

Mesmo com o despertar de Messi no começo do segundo tempo, a Argentina foi derrotada pela Colômbia por 2 a 0, neste sábado (15), na arena Fonte Nova em Salvador, pela estreia da Copa América.

Desde 1979, o time argentino não perdia na primeira rodada - na ocasião foi derrotado pela Bolívia por 2 a 1.

Um dos jogos mais esperados dessa Copa América no Brasil deu todos os indicativos nos dez primeiros minutos que, de fato, seria agradável. A Colômbia, bem postada em campo, pressionava a saída de bola dos argentinos, que, para chegar ao ataque, recorriam ao talento.

Com o passar do tempo, os dois times foram esbarrando na falta de criatividade, e o primeiro tempo terminou com poucas chances de gols. Cada time teve uma só finalização. A torcida, até então animada na arena Fonte Nova, ensaiou aplausos tímidos.

A Argentina encurralou a Colômbia no recomeço da partida. Messi, bem marcado no primeiro tempo, conseguia desvencilhar dos adversários e apresentar seus cartões de visita. 

No lance que levantou o torcedor, ele colocou a bola por baixo das pernas de Sanchéz dentro da área, mas Barrios fazia a cobertura e recuou para o goleiro Ospina. 

O árbitro considerou o lance normal e nem os argentinos reclamaram. Depois, Aguero, pela direita, cruzou na área, Otamendi cabeceou com perigo e obrigou Ospina fazer boa defesa. Na sobra, Messi, também de cabeça, mirou o canto, mas errou o alvo e a bola foi para a linha de fundo.

No momento em que Argentina estava perto de abrir o placar, um duro golpe. James Rodríguez faz belo lançamento para Martínez, que chuta com efeito no canto de Armani e faz um golaço. Depois do gol da Colômbia e no melhor momento da Argentina no jogo, o meia Messi ficou visivelmente abatido e menos participativo.

Aos 40 minutos, em contragolpe novamente no lado de Saraiva, foi a vez de Martínez dar assistência. O atacante foi até linha de fundo e cruzou na área, a bola passou por dois argentinos e Zapata só escorou para fazer o segundo gol.

Fonte: Folhapress

Imprimir