Cidadeverde.com
Geral

Sobe para 15 o número de focos da peste suína confirmados no Piauí

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

A Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) confirmou, nesta sexta-feira (21), três novos focos de Peste Suína Clássica (PSC) no estado do Piauí. Os casos foram diagnosticados nos municípios de Brasileira e Milton Brandão. Ao todo, desde abril, o estado identificou 15 focos da doença.

A cidade com maior número de focos é Cabeceiras do Piauí, com 5, seguido de Murici dos Portelas (4), Brasileira (2), além de Domingos Mourão e Milton Brandão que registraram um caso respectivamente.

Segundo o Grupo Especial de Atenção às Enfermidades Emergenciais ou Exóticas (GEASE), da Adapi, as medidas para contenção dos focos e eliminação da doença seguem orientações rigorosas.

Ainda de acordo com a Adapi, já foram investigadas 77 suspeitas de PSC, das quais 22 não foram fundamentadas e 55 fundamentas. Dentre estas, 39 apresentaram diagnóstico negativo para PSC e uma está aguardando laudo laboratorial.

Peste Suína

A peste suína clássica é uma doença contagiosa entre os animais, mas que não afeta o ser humano. O consumo da carne supina está liberada desde que seja proveniente de um estabelecimento com serviço de inspeção aprovado e regularizado pelos órgãos competentes. 

Os principais sinais clínicos da PSC são mortalidade elevada, principalmente em suínos jovens, febre alta, conjuntivite, manchas pelo corpo, vômito e diarreia.

Ao identificar os sintomas, os criadores devem comunicar imediatamente à Adapi para que possa ser realizada uma investigação epidemiológica na propriedade.

 Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir