Cidadeverde.com
Economia

PPP do Centro de Convenções: edital de licitação será divulgado em julho

Imprimir

Com o intuito de apresentar os detalhes do projeto de concessão de uso do Centro de Convenções de Teresina a empresários e sociedade, a Superintendência de Parcerias e Concessões do Estado (Suparc) promoveu, na manhã de ontem (26) uma audiência pública. Na ocasião, foi apresentado o cronograma do projeto, que prevê a divulgação do edital de licitação ainda em julho deste ano, com licitação em agosto.

De acordo com Viviane Moura, superintendente de parcerias e concessões, essa é uma etapa fundamental para garantir transparência e aumentar a competitividade ao processo licitatório. “A partir da liberação dos estudos para consulta pública, o mercado, as entidades e a sociedade civil organizada podem apresentar manifestação, seja com contribuições ou até mesmo com pedido de correção de dados. Então, é um momento fundamental e extremamente importante para etapa da licitação do projeto”, comentou a gestora.

Presente à audiência, a secretária executiva da Secretaria de Estado do Turismo, Carina Câmara, frisou sobre a importância da conclusão da obra para atender a população, aumentar o turismo e o número de congressos na cidade. Segundo ela, o Centro de Convenções é um projeto com custo alto e que necessita de uma gestão qualificada, por isso foi pensado na parceria público-privada (PPP) para conclusão e início da operação do equipamento.

“A PPP foi a melhor forma que a gente viu de solucionar esse problema, porque infelizmente o estado não consegue fazer uma gestão com a mesma qualidade que hoje a iniciativa privada consegue dentro de alguns tipos de investimento de negócio como seria o Centro de Convenções. Então, através dessa PPP a gente vai conseguir fazer a conclusão da reforma, que falta pouco para terminar, e colocar esse equipamento para funcionar para poder atender a população”, acrescentou Carina.

Viviane Moura explicou que a concessionária contratada terá como dever concluir a obra, investir em equipamentos e mobília e promover a efetiva operação do equipamento com gestão e manutenção do local. Segundo a superintendente, após a licitação, que deve ocorrer em agosto deste ano, e o início da obra, previsto para outubro, a empresa contratada terá no máximo seis meses para conclusão da obra e início da operação, ou seja, ainda no primeiro semestre de 2020. “A rigor quando a gente trabalha com projetos de PPP é muito comum verificar que o privado dá uma maior celeridade pra iniciar as atividades e a operação do equipamento”, disse.

Com a parceria com o setor privado, o Centro de Convenções passará a contar com amplo espaço para eventos, com auditório, salas de convenções simultâneas, estacionamento coberto e externo, restaurante, além de toda a estrutura de backstage.

Outros projetos

Nesta quinta-feira (27), a Suparc promoverá uma nova audiência pública, desta vez para debater o projeto de concessão de uso do Piauí Shopping Center Modas. O evento está marcado para as 09h, no Auditório da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), no Centro Administrativo. Também estão previstas para julho as audiências dos projetos de PPP das Miniusinas de Energia Solar Fotovoltaicas, no dia 02, Terminal Turístico de Barra Grande e Hotel Serra da Capivara.

 

Imprimir