Cidadeverde.com
Esporte

Jucilei cogita trocar São Paulo por Corinthians, mas negociação não anda

Imprimir

Liberado dos treinamentos pelo São Paulo para definir o seu futuro, Jucilei cogitou um retorno ao Corinthians.

Nos últimos dias, representantes do jogador chegaram a conversar sobre a possibilidade da transferência para o Alvinegro. No entanto, segundo apurou o UOL Esporte, o clube não pretende contratar um volante neste momento.

O técnico Fábio Carille conta nesta temporada com Júnior Urso, Ramiro, Ralf, Renê Júnior, Gabriel e Matheus Jesus para o setor. Por isso, a ideia do departamento de futebol corintiano é tentar reforçar outros setores do elenco.

Jucilei tem contrato com o São Paulo até 31 de dezembro de 2021. Emprestado pelo Shandong Luneng, da China, o jogador chegou ao Morumbi em 2017. Não demorou para conquistar o seu espaço no time, sendo até uma das referências dentro de campo. 

Porém, perdeu rendimento já no ano passado. Pelo clube tricolor, desde a estreia em fevereiro de 2017, ele atuou em 104 confrontos e marcou um gol.

Com a chegada de Cuca nesta temporada, o volante, de 31 anos, até teve a chance de disputar a decisão do Campeonato Paulista, justamente contra o Corinthians. Porém, sem ritmo, não conseguiu se firmar.

Com o processo de reformulação do time durante esta pausa no Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa América, ele foi liberado para negociar com outra equipe.

Além de Jucilei, Nenê e Bruno Peres estão na mesma situação. Como já havia publicado o UOL Esporte, os três não se enquadravam no perfil de equipe desejado por Cuca. Caso, eles não acertem com outro clube, poderão ser reintegrados ao elenco tricolor.

Nos últimos meses, Nenê já despertou o interesse do Fluminense, do Fortaleza e do Goiás. Porém, as negociações não foram adiante. Emprestado pela Roma, Bruno Peres não se adaptou ao São Paulo.

No total, o lateral direito disputou 28 partidas pelo clube e fez um gol. O futuro do ala, que está na mira do Besiktas, da Turquia, deve ser o exterior.

JOSÉ EDUARDO MARTINS E MARCELLO DE VICO
SÃO PAULO E SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) 

Imprimir