Cidadeverde.com
Geral

Mais de 40 famílias do Água Mineral serão desapropriadas com nova ponte

Imprimir

Cerca de 42 famílias serão desapropriadas com a construção da nova ponte sobre o rio Poti, que ligará as zonas Norte e Leste de Teresina. A previsão é que as obras sejam iniciadas ainda neste semestre e irão ligar a Rua Tenente Luís Simplício ao setor de esportes da UFPI.

O superintendente da SDU Centro-Norte, Weldon Bandeira, garantiu que o poder público prevê duas alternativas para os moradores realojados. “Ou a indenização mediante pagamento da construção e dos terrenos aos proprietários ou, no caso de quem não possui a titularidade, pagar a indenização da benfeitoria ou uma possível remoção para um assentamento que estamos fazendo no Parque Brasil I”.

Uma empresa terceirizada vai fazer a avaliação dos imóveis, dentre casas e terrenos. Dentre os 42 imóveis apenas três serão desapropriação parcial.

Segundo a prefeitura, o setor de habitação ainda está visitando as famílias.

Para o morador do trecho que será alvo das obras, o professor Gildásio Nascimento, a remoção traz insegurança. “O pessoal está cheio de dúvidas porque há rumores de que a indenização não vai suprir para comprar uma casa e que as casas que vão dar vão ser longe”, relatou.

Valmir Macêdo
[email protected]

Imprimir