Cidadeverde.com
Viver Bem

Conheça o alcaçuz e seus benefícios para a saúde

Imprimir


Você conhece o alcaçuz?  Pois a Glycyrrhiza glabra pertence à família das leguminosas e tem uma série de benefícios. Pode ser comprado em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e algumas feiras livres. Quer saber mais?

O alcaçuz serve para ajudar no tratamento de absessos, bronquite, catarro, conjuntivite, espasmos, feridas, furúnculos, gota, prisão de ventre, resfriado e úlceras gástricas.

A raiz de alcaçuz contém diversos nutrientes importantes para a manutenção da nossa saúde, incluindo uma ampla gama de vitaminas, minerais e fitonutrientes antioxidantes. Ele é uma ótima fonte de vitaminas como a vitamina B1 (tiamina), vitamina B2 (riboflavina), vitamina B3 (niacina), vitamina B5 (ácido pantotênico) e vitamina E (tocoferol).

Também é rica em minerais como o fósforo, o ferro, o magnésio, o zinco, o cálcio, a colina, o potássio, o silício e o selênio.

Propriedades

As propriedades do alcaçuz incluem a ação anti-inflamatória, anti-espasmódica, expectorante, mucolítica, antitússico, antimicrobiana, antioxidante, anti-séptica, diurética, emoliente, laxante e tônica.

Modo de uso do alcaçuz

A parte utilizada do alcaçuz é a sua raiz. É indicado o feito do chá de alcaçuz. Pode ser feito assim: colocar 10 gramas de raiz de alcaçuz em 1 litro de água e ferver durante 10 minutos. Deixar esfriar e beber três xícaras diariamente.

Efeitos colaterais do alcaçuz

Os efeitos colaterais do alcaçuz incluem retenção de líquidos, aumento da pressão sanguínea, diminuição da concentração de potássio no organismo, dor abdominal, dor de cabeça e dificuldade respiratória.

Contra indicações do alcaçuz

O alcaçuz está contraindicado para grávidas, mulheres em fase de lactação e pacientes com anemia, pressão alta, glaucoma, problemas cardíacos ou que usam anticoncepcionais orais e remédios para reposição hormonal.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir