Cidadeverde.com
Esporte

Flu e Ceará empatam em jogo com gol de bicicleta e interferências do VAR

Imprimir

Em jogo muito movimentado, Fluminense e Ceará empataram em 1 a 1 nesta segunda (15), no Maracanã, no complemento da 10ª rodada, e seguiram na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro.

Foto - Lucas Merçom - Fluminese

A partida foi marcada por interferências do VAR, pelas "pazes" de Pedro com a torcida após tento, e por um golaço de bicicleta do zagueiro Tiago Alves para a equipe cearense.

Na próxima rodada, o Fluminense visita o rival Vasco em São Januário e o Ceará recebe o Palmeiras em casa. Ambos os duelos serão no sábado (20).

A tônica da partida foi um Fluminense com amplo volume de jogo e o Ceará explorando os contra-ataques e os espaços deixados pelo time carioca.

Enquanto os tricolores eram conduzidos por Ganso, os cearenses tinham as jogadas organizadas por Thiago Galhardo. João Pedro, pelo time da casa, perdeu gols que podiam ter facilitado o jogo para a equipe.

Logo no início da partida, Thiago Galhardo recebeu um cruzamento da esquerda e tentou se antecipar ao goleiro Agenor, que se chocou com ele e o meia do Ceará levou a pior, precisando de atendimento médico.

QUE CATEGORIA!

Pedro mostrou um lance de rara técnica aos 12 minutos do primeiro tempo ao dominar a bola com a parte externa do pé, controlar no ar e dar um passe calcanhar.

PERDEU!

Aos 18, Yony foi à linha de fundo e cruzou para trás. João Pedro, livre e de frente para o gol, desperdiçou grande oportunidade ao chutar para fora.

PERDEU DE NOVO!

Um minuto depois, novamente João Pedro teve uma oportunidade, mas desta vez o mérito maior foi do goleiro Diogo Silva, que fez boa defesa.

DIOGO SILVA DEFENDE OUTRA

A pressão tricolor seguia a todo vapor e, aos 25 minutos, João Pedro foi esperto, roubou a bola na intermediária, tocou para Ganso, recebeu de volta e cruzou rasteiro. Pedro dominou, chutou, a bola desviou na zaga e, no rebote, Yony chutou para grande defesa de Diogo Silva.

AGENOR SALVA

Aos 32, Ricardinho cobrou falta com maestria e Agenor fez grande defesa evitando o gol do Ceará.

GOL DE PEDRO APÓS VAR

O Fluminense abriu o placar aos 40 minutos quando Nino escorou a bola de cabeça e Pedro chegou de carrinho para concluir. A arbitragem utilizou o VAR para confirmar o gol.

CEARÁ EMPATA COM GOLAÇO

O Ceará chegou ao empate em aos 48, depois de um bate e rebate em que o zagueiro Tiago Alves aplicou uma linda bicicleta.

VAR ANULA GOL DA VIRADA

Aos 13 minutos, o Ceará imprimiu um contra-ataque rápido e Mateus Gonçalves colocou a bola para o fundo da rede. O VAR foi acionado e a arbitragem entendeu que Felippe Cardoso, mesmo sem tocar na bola, estava em posição de impedimento no momento do lançamento.

EXCELENTE DEFESA DE DIOGO SILVA

Aos 42, o goleiro Diogo Silva, ex-Vasco, operou um milagre ao pegar uma cabeçada de Pedro à queima-roupa.

PEDRO: APOIO, VAIAS E PAZES

Antes de a bola rolar, a torcida do Fluminense se dividiu entre aplausos e vaias a Pedro, que pela primeira vez atuava diante dos tricolores após receber e ficar balançado com uma proposta do rival Flamengo. Enquanto uns gritaram "o Pedro vai te pegar", outros vaiaram.

Com a bola rolando, porém, o atacante fez as pazes ao marcar um gol e apontar para o escudo tricolor. "Muito importante (o gol). Meu sexto jogo no Brasileiro, estou retomando meu ritmo ainda, mas é sempre bom marcar. Esse é o meu papel", disse ao Premiere.

O MELHOR: GANSO

Paulo Henrique Ganso fez uma de suas melhores atuações com a camisa do Fluminense até aqui. O meia chamou a atenção com seus passes precisos.

O PIOR: JOÃO PEDRO

Sensação do Fluminense, o jovem João Pedro não teve uma noite inspirada. Perdeu dois gols e perdeu uma bola boba que resultou no gol do Ceará, anulado posteriormente pelo VAR.

FLU ABUSOU DOS GOLS PERDIDOS

O Fluminense não pode se queixar da falta de oportunidades criadas. Foram muitas, mas os atacantes desperdiçaram, principalmente João Pedro.

CEARÁ SE DEFENDE BEM

O Ceará montou um bom esquema defensivo e conseguiu resistir a pressão tricolor, embora também tenha criado oportunidades em seus contra-ataques.

GANSO SERÁ DESFALQUE NO CLÁSSICO

Paulo Henrique Ganso recebeu cartão amarelo e está suspenso do clássico com o Vasco no próximo sábado em São Januário.

NENÊ NA TRIBUNA

Apresentado oficialmente antes da partida, o meia Nenê acompanhou o duelo entre Fluminense e Ceará da tribuna do Maracanã.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir