Cidadeverde.com
Últimas

Estudante baleado no Centro pode ter sido vítima de crime por encomenda

Imprimir

Fotos: Izabela Pimentel/Cidadeverde.com

Atualizada às 12h28

O Hospital de Urgência de Teresina informou que Gabriel Brenno passou por cirurgia, mas seu estado de saúde permanece "gravíssimo". O estudante está sedado e entubado. Ele respira por aparelhos.

Materia original 

Funcionários da pensão onde o estudante Gabriel Brenno Nogueira, 21 anos, estava hospedado estão assustados e surpresos com o que aconteceu com o jovem. Na manhã desta quarta-feira (17), ao sair para o cursinho preparatório, Gabriel foi baleado com um tiro na cabeça. As marcas de sangue do estudante  ainda estão na calçada da pensão. 

“Na hora que ele saiu a gente ouviu o tiro”, conta a cozinheira da pensão, Erlane dos Santos. Gabriel estava na pensão desde fevereiro deste ano. Natural de Caxias (MA), o jovem fazia em Teresina preparatório para as provas da ESA - Escola dos Sargentos e Armas do Exército Brasileiro. 

A funcionária da pensão conta que o jovem tinha uma rotina intensa de estudo e não entende o motivo dele ter sido alvejado. 

“Ele saía para o curso 7h, voltava meio dia e passava o dia estudando. Todo dia era assim. E no final de semana ia para Caxias ver os pais. Hoje ele tomou café e saiu como fazia todos os dias. Isso surpreendeu todo mundo”, disse Erlane. 

No cursinho do onde o jovem estuda todos também estão sem entender o motivo de Gabriel ter sido baleado. 

“Foi um susto muito grande. Ele é um aluno exemplar, muito bom, sempre muito preparado. Ao chegar e ver um aluno dessa forma deixa a gente apreensivo. É algo impactante”, disse o professor de geografia Ivo Costa. 

Equipes da Polícia Civil estão em campo investigando o caso. As informações da guarnição da Polícia Militar que atendeu à ocorrência são de que o crime teria sido encomendado. 

O autor do tiro não roubou nada de Gabriel e, em seguida, fugiu em um carro Ônix de Cor cinza. 

“O autor era alto, estava de boneta e não levou nada do jovem”, disse o tenente coronel Maurício de Lacerda, comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar. 

O estudante baleado está em estado gravíssimo no Hospital de Urgência de Teresina e passa por cirurgia.

A vítima Gabriel Brenno/ foto: facebook

 

Flash Izabela Pimentel
redacao@cidadeverde.com

Imprimir