Cidadeverde.com
Geral

Operação apreende celulares em praça e PM promete fim de comércio ilegal

Imprimir
  • Untitled-10.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • Untitled-9.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • Untitled-8.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • Untitled-7.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • Untitled-6.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • Untitled-5.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • Untitled-4.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • Untitled-3.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • Untitled-2.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • Untitled-1.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com

A Polícia Militar realiza, na manhã desta quarta-feira(17), operação Tróia na Praça da Bandeira, Centro de Teresina. A ação tem por objetivo combater a comercialização de celulares supostamente roubados.

A Praça da Bandeira é conhecida como um dos principais pontos de vendas de eletrônicos sem nota fiscal em Teresina. 

Até às 10h30 mais de 50 celulares haviam sido apreendidos na operação. Dentre eles, IPhones avaliados em R$ 4 mil. Um suposto foragido do sistema prisional também foi detido na Praça. 

O major Audivam Nunes, coordenador  da Força Tarefa da Secretaria de Segurança, disse ao Cidadeverde.com que as operações com esse objetivo serão constantes na praça. 

“A gente vai acabar com esse comércio ilegal aqui. Aqui tem celular de R$ 4 mil vendido a R$200. Apreendemos também outros eletrônicos, como tablets. E os vendedores também serão ouvidos”, disse o major. 

O coronel Marcio Oliveira, comandante de Operações  da Polícia Militar, faz um alerta para que as pessoas não comprem produtos sem nota fiscal na praça. 

“Se você compra, você está alimentando esse tipo de crime e pode ser autuado como receptador”, alerta. 

Participam da operação policiais do 1º Batalhão da Polícia Militar, Guarda Municipal e Rone.

 

Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com

Imprimir