Cidadeverde.com
Viver Bem

Quais alimentos mulheres devem evitar após o parto?

Imprimir

Foto: Pixabay/fotos gratis

Se na gestação o cuidado com a alimentação já é importante, após o nascimento do bebê é ainda mais. Existem alimentos, por exemplo, que são contraindicados por serem prejudiciais para a mãe e o bebê. Por isso, devem ser evitados ao máximo.

Evitar bebidas alcoólicas e com cafeína

Para montar uma boa rotina de alimentação pós-parto, cabe evitar ao máximo algumas bebidas e alimentos. Os principais alimentos contraindicados para o período pós-parto, considerando que a mulher está amamentando, são as bebidas alcoólicas e as com muita cafeína.

Muitas pessoas pensam que alimentos como feijão, brócolis e chocolate dão gases no bebê. No entanto, não há como confirmar isso, pois é algo que varia muito - depende da pessoa e cada bebê pode responder de uma forma.

Também é recomendado evitar alimentos industrializados (com muitos conservantes) e embutidos em excesso, já que eles podem fazer mal ao organismo. A lista não para por aí: devem ser esquecidos os chás mates, verdes, cafés, chocolate (mais por conta de ele ser um estimulante) e bebida alcoólica.

Além disso, balas, guloseimas, gelatinas e adoçantes também devem ser evitados, pois têm conservantes, acidulantes, aromatizantes e ingredientes que não são adequados para esse período.

Para a mãe, muito cálcio e ferro

Além de cortar alimentos maléficos, também é importante que a mãe consuma nutrientes importantes nesse período pós-parto. Alguns minerais, por exemplo, são essenciais para o fortalecimento do organismo e para a produção do leite.

A oferta de cálcio deve ser alta, porque o organismo está produzindo leite para o bebê. Então, caso a mãe não consuma cálcio adequadamente, corre o risco de esse mineral sair dos ossos e, assim, o organismo da mulher pode ficar mais fragilizado.

Outro ponto importante é que a mãe aproveite esse período de amamentação, sem menstruar, para adequar a quantidade de ferro. Por conta do parto (seja normal ou mesmo cesárea), é normal que haja uma perda maior de sangue, o que pode comprometer um pouco os níveis de ferro no organismo.

Por isso, nesse período pós-parto, também é importante enriquecer a alimentação com alimentos que tenham bastante ferro, como carnes vermelhas, beterraba, folhas verde-escuras, entre outras.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir