Cidadeverde.com
Geral

Menores queimam colchões e destroem alas do CEM em motim

Imprimir

O tenente Lima do Corpo de Bombeiros informou que o fogo e o motim já foram controlados no Centro Educacional Masculino (CEM), no bairro Memorare, zona Norte de Teresina. “Os bombeiros conseguiram controlar o fogo e a rebelião foi contida. Eles colocaram fogo nos colchões, em papelões e também em cadeiras. Pela estimativa inicial eles devem ter destruído de quatro a cinco pavilhões”, afirmou.

O motim teria começado após atrasos nas visitas dos parentes. Insatisfeitos os menores promoveram  um quebra-quebra e colocaram fogo nos pavilhões. Durante o motim, um menor chegou a fazer outro de refém. A Polícia militar informa que a situação foi controlada e que no momento é feita a contagem dos internos.


Atualizada às 14h30

A polícia foi chamada para conter um motim provocado por menores do Centro Educacional Masculino (CEM), localizado no bairro Memorare, na zona Norte de Teresina. De acordo com informações do diretor das Unidades de Atendimento Socioeducativa (Duase), capitão Luciano Teles, o movimento teria se iniciado por volta das 12 horas.

O Corpo de Bombeiro também foi acionado para controlar o fogo no local. Capitão Luciano  afirma que a polícia encontra-se no local tentando controlar o motim e avaliar os estragos.

“Não temos muitas informações ainda. Tem fogo provocado pela queima de colchões. Acreditamos que duas alas foram atingidas. Mas não tem nada certo no momento. Ouvimos o barulho de um quebra-quebra”, disse.

 O motim ocorre dias após o governo decretar situação de emergência no local. Com o decreto, é possível realizar obras em caráter emergencial. Os menores denúnciam lotação no local. 

Atualmente o Cem  abriga cerca de 150 internos, quando a capacidade máxima é de 80 internos.

 

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com 

Imprimir