Cidadeverde.com
Geral

Festa do Jubileu de Teresina terá início dia 17

Imprimir

Em 2019, o movimento da Renovação Carismática está completando 50 anos de evangelização no Brasil. A RCC em Teresina conta com 67 Grupos e também está presente nas Universidades e Faculdades através do Ministério Universidades Renovadas, além de outros 10 Grupos nas cidades que compõem a Arquidiocese de Teresina. O Jubileu tem como tema "O amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado" (Rm 5,5) e será comemorado nos dias 17, 18 e 19 de agosto.

Para iniciar as comemorações um dos marcos histórico da capital, a Praça do Fripisa é onde irá acontecer no dia 17 a partir das 16h a Missa de abertura com louvor e oração, presidida pelo padre Alcindo Saraiva, assessor eclesiástico da RCC no Piauí. 

No domingo, dia 18 a partir das 09h da manhã é a vez de Dom Jacinto Brito, arcebispo metropolitano da Arquidiocese de Teresina, presidir a Santa Missa na Igreja de Lourdes. 

A Câmara Municipal através de proposição da vereadora Cida Santiago que participa da Renovação Carismática há quase 30 anos, realizará uma Sessão Solene no Plenário da Casa Legislativa, dia 19 a partir das 19h. 

Histórico
A Renovação Carismática Católica (RCC) tem como marco histórico um retiro realizado em fevereiro de 1967 com alguns estudantes da Universidade de Duquesne, em Pittsburg, estado da Pensilvânia, EUA. O que aconteceu naquele local rapidamente se espalhou para alunos graduados e professores da Universidade de Notre Dame e para outros que serviam no campo ministerial em Lansing, Michigan. Espalhou-se  de tal modo que, depois daquele acontecimento, a Renovação Carismática Católica está presente em mais de 238 países no mundo, produzindo uma metanóia em mais de 100 milhões de Católicos nestes primeiros anos de existência.

No Brasil, a RCC chega em 1969, com os missionários jesuítas norte-americanos Haroldo Joseph Rahm e Eduardo Dougherty.  Da cidade de Campinas-SP, o movimento espalhou-se mediante um sistema de difusão espontâneo. As pessoas participavam e convidavam outras a participarem dessas experiências carismáticas, desenvolvendo um sentimento e desejo de multiplicar-se e firmar-se em território brasileiro.

No Piauí, os primeiros rumores da espiritualidade carismática surgiu ainda na década de 1970, com Pe. Alfredo Schäffler, hoje bispo emérito da Diocese de Parnaíba. No entanto, a RCC, como movimento organizado em Teresina, está relacionado às religiosas, responsáveis pelo tradicional Colégio  Sagrado Coração de Jesus, “Colégio das Irmãs”, localizado na avenida Frei Serafim, centro da cidade de Teresina. As sementes datam do ano de 1980, com a chegada da  religiosa Irmã Maria Teresa Gonçalves a Teresina, proveniente do estado do Ceará onde conheceu o movimento carismático em Fortaleza. A referida irmã ficou encarregada de um grupo de evangelização, onde semanalmente realizava encontros de oração nas casas das famílias nas imediações entre o Colégio das Irmãs, Igrejas São Benedito e Catedral Nossa Senhora das Dores. Devido uma grande participação, os espaços residenciais ficaram inadequados de modo que os encontros foram transferidos para uma das salas do colégio. Esse primeiro Grupo de Oração chamava-se “Santa Catarina de Sena”, por causa da Congregação das Irmãs e reunia-se todas as quintas feiras, às 19h.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir