Cidadeverde.com
Cidades

Lagoa do Barro ganha sistema de dessalinização de água através do Emater

Imprimir

O diretor-geral do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Piauí (Emater), Francisco Guedes, esteve, no sábado (18), no munícipio de Lagoa do Barro, para a inauguração de um sistema de dessalinização do Programa Água Doce (PAD).

O primeiro sistema de dessalinização na comunidade prevê o atendimento de pelo menos 50 famílias, mais de 200 habitantes. O sistema de abastecimento d’água com poços profundos no semiárido cristalino piauiense transforma água salobra em água potável, prevenindo doenças renais e pressão alta, prolongando a vida das pessoas e melhorando o IDH da comunidade.

O governador Wellington Dias comentou com alegria a inauguração do sistema. “Este é um trabalho feito de uma forma integrada, com o Emater, o Ministério do Desenvolvimento Regional, a prefeitura e a comunidade do povoado para que as próprias pessoas definam o consumo e possam administrar o sistema. Eu saio daqui muito feliz, porque não podemos lembrar da assistência só na capital, mas em comunidades rurais em todo o nosso estado”, comentou o gestor.

Francisco Guedes destacou as ações do instituto que buscam mudar efetivamente as condições de vida da população piauiense. “É extremamente importante ajudarmos a concluir esse projeto. O Programa Água Doce é mais um dos nossos projetos que busca beneficiar diretamente a população. Com água de qualidade, nós conseguimos combater doenças renais, mortalidade infantil e pressão alta. É trazer longevidade à nossa população e consequentemente contribuir para o aumento do IDH dos municípios piauienses”, ressaltou o diretor.

Em Lagoa do Barro, está sendo investido R$1.116.000 com a implantação de dez sistemas nas comunidades Sete Lagoas, Assentamento Latada, Mimoso, Sitio do Meio, Santa Teresa, Manguinha, Malhadinha, Cacimbas, Vaquejador e Cercado Velho.

“Nós estamos felizes, a água não era boa e agora está bem melhor, melhor até que água mineral”, comentou o morador da comunidade Sete Lagoas, Chicão do Barro.

O Programa Água Doce (PAD) é uma ação do governo federal, coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional em parceria com instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil que visa estabelecer uma política pública permanente de acesso à água de qualidade para o consumo humano por meio do aproveitamento sustentável de águas subterrâneas, incorporando cuidados técnicos, ambientais e sociais na implantação e gestão de sistemas de dessalinização no semiárido brasileiro, levando-se em consideração a característica da presença de sais nas águas subterrâneas desta região.

Fonte: ccom

Imprimir