Cidadeverde.com
Esporte

Brasileiro concorre contra Messi e Ibrahimovic pelo Prêmio Puskas

Imprimir

O atacante Matheus Cunha, 20, pode ser o terceiro brasileiro a vencer o Prêmio Puskas, dado pela Fifa para o gol mais bonito da temporada. O atacante do Red Bull Leipzig foi um dos dez selecionados pela entidade para concorrer ao troféu, entregue no mesmo dia em que é divulgado o melhor jogador do ano.

Nascido em João Pessoa, Matheus Cunha fez as categorias de base no Coritiba, mas se profissionalizou pelo Sion, da Suíça. Ele está no Leipzig desde o ano passado.
O brasileiro vai concorrer ao prêmio com, entre outros, Lionel Messi e Zlatan Ibrahimovic. 

O gol de Matheus selecionado foi marcado pelo Campeonato Alemão, contra o Bayer Leverkusen, em abril do ano passado.

Criado em 2009, o Prêmio Puskas já teve dois vencedores brasileiros. Neymar em 2011, quando ainda estava no Santos, e Wendell Lira, pelo Goianésia, em 2015. Lira abandonou o futebol e hoje em dia se tornou profissional de jogos de video game.

Além de Matheus, Messi e Ibrahimovic, concorrem ao prêmio: Ajara Nichout (seleção de Camarões), o italiano Fabio Quagliarella (Sampdoria), o colombiano Juan Fernando Quintero (River Plate-ARG), a americana Amy Rodriguez (Utah Royals), a norte-irlandesa Billie Simpson (Cliftonville Ladies), o inglês Andros Townsend (Crystal Palace), e o húngaro  Daniel Zsori (Debrecen). 

Foram considerados gols marcados entre 16 de julho de 2018 e 19 de julho de 2019 e escolhidos por um painel de especialistas da Fifa. O público poderá votar no seu favorito até 1º de setembro. Os três mais populares serão levados a ex-jogadores que fazem parte do Fifa Legends. Eles escolherão o vencedor.

O prêmio será entregue durante cerimônia em 23 de setembro, em Milão.

Fonte: Folhapress

Imprimir