Cidadeverde.com
Esporte

EUA caem para a Austrália e perdem invencibilidade de 13 anos no basquete

Imprimir

Faltando sete dias para o início da Copa do Mundo de basquete, os Estados Unidos deram adeus a uma invencibilidade de quase 13 anos. Nesta sexta-feira (23), os norte-americanos foram derrotados pela seleção da Austrália, em amistoso, por 98 a 94.

Os Estados Unidos acumulavam uma sequência de 78 vitórias seguidas, que culminaram com medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim (2008), Londres (2012) e Rio (2016). A última vez que a seleção norte-americana tinha saído de quadra derrotada foi na semifinal do Mundial de 2006. 

Na ocasião, a equipe que contava com LeBron James e Carmelo Anthony foi eliminada para a Grécia, por 101 a 95.

O feito histórico contou com grande atuação de Patty Mills, armador do San Antonio Spurs, da NBA. O australiano saiu de quadra com 30 pontos marcados, com pouco mais de 33 minutos que ficou em quadra.

A vitória não acaba apenas com a invencibilidade norte-americana. Ela foi a primeira conquistada pela Austrália em jogos contra os Estados Unidos. A seleção da Oceania colecionava 25 derrotas e nenhum triunfo antes do duelo de ontem.

"Isso foi enorme para nós. Era um amistoso, então temos que ter consciência disso, mas fizemos história nessa noite ao bater a seleção dos Estados Unidos. Esse é um grupo especial de jogadores que realmente gostam de jogar pela seleção e têm orgulho de vestir a camisa", disse o pivô Andrew Bogut.

O Mundial de basquete tem início previsto para o dia 31 de agosto. A seleção dos Estados Unidos está no Grupo E, junto com Turquia, República Tcheca e Japão. Já a Austrália está no H, com Lituânia, Canadá e Senegal.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir