Cidadeverde.com
Entretenimento

Wesley Safadão mescla forró, sertanejo, funk e pagode em DVD

Imprimir

Fotos: Reprodução/instagram/@wesleysafadao

Wesley Safadão levou uma multidão de fãs neste sábado (24) para a gravação de seu novo DVD durante o festival Garota Vip, no Rio de Janeiro. Nem mesmo a chuva desanimou o público presente no Parque Olímpico que veio prestigiar, além do artista, as duplas sertanejas Simone e Simone e Zé Neto e Cristiano, o pagodeiro Dilsinho, Dennis DJ e o funkeiro Kevin o Chris.

Como já é tradição do Garota Vip, Safadão foi o último a se apresentar com a promessa de só "ir para casa quando pegar o sol com a mão". O tempo chuvoso atrasou o início do show, que começou apenas às 4h depois de o público gritar o famoso bordão do músico: "Vai, Safadão". "Só os fortes entendem o Garota Vip", disse Safadão, que terminou a gravação agradecendo a Deus por volta das 8h40.

Uma mega estrutura foi montada para a gravação do DVD com um palco de quase 80 metros de frente, 40 metros de altura e mais de 1.400 metros de led espalhados. Com um show de fogos de artifício, Safadão surgiu no meio do público cantando a música-tema do Garota Vip. "Quando a gente vê uma estrutura desse tamanho, eu me lembro do começo quando era um painel de led 3 por 4. Tudo isso é motivo de muito orgulho", diz o cantor, que começou a carreira solo com a gravação do DVD "Ao Vivo em Brasília", em 2015.

Safadão afirma que antes mesmo de Brasília já tinha vontade de fazer algo no Rio Janeiro, mas que nos meses próximos a gravação "as coisas começaram a acontecer de uma forma diferente em Goiânia e em Brasília". No fim, ele optou por gravar no Distrito Federal. Depois, diz o músico, vieram os projetos de Miami e o WS em Casa até chegar a esse momento em que o festival "Garota Vip se tornou o terceiro mais importante do Brasil, atrás apenas do Rock in Rio e do Lollapalooza".

"A gente tomou a decisão de marcar mais ainda nosso festival. É uma forma de massificar, pois o festival só cresce a cada ano. E a gente vem fortalecendo", diz o artista, ao lembrar que na segunda edição do festival, no ano passado, mais de 60 mil pessoas compareceram. Os números deste ano ainda não foram divulgados. "O próprio evento que se divulga, pela própria forma que acontece, porque há entrega de todos os artistas. Gosto de falar aos artistas para que eles façam seu melhor, dêem seu melhor. Digo: 'bota para quebrar porque eu venho depois e vou acabar contigo'. Quem ganha com isso é o público", completa.

E por falar em artistas, Safadão fez questão de convidar os amigos próximos para seu novo projeto, como as coleguinhas Simone e Simaria e Dennis DJ, além dos novos parceiros Zé Neto e Cristiano e Dilsinho, que participam pela primeira vez do festival, que começou por volta das 21h. "Quero muito que as pessoas cantem as inéditas. Quero que a galera aprenda a letra e cante com a gente. Vou cantar grandes sucessos, repertório novo, músicas de outros artistas, como eu faço nos meus shows normal", disse Safadão antes do show.

Cada convidado cantou duas músicas, sendo uma inédita e uma do projeto TBT, lançado em junho pelo músico. "A Maior Volta por Cima" (Simone e Simaria), "Na Cama que eu Paguei" (Zé Neto e Cristiano), "Aprende a Terminar" (Dilsinho), "Sempre Assim" (Kevin e Denis). "A gente ama esse menino, o quanto ele é abençoado. É um dos corações mais lindos que a gente conhece. Eu e minha irmã somos apaixonadas por esse menino que vem destacando o Nordeste", afirmou Simone. "A gente amou estar aqui com vocês", completou Simaria.

Sobre a parceria com as coleguinhas, Safadão disse que demorou para acontecer, mas que elas são, do meio artístico, as "duas pessoas que eu tenho mais afinidade de falar praticamente de tudo, de brincar no dia a dia e de conversar como amigos mesmo."

Antes do show, Safadão disse ainda que o novo DVD, que não teve o nome divulgado, terá entre 60 e 80% de inéditas. O principal produtor do cantor, Rod Bala, afirmou que ainda não há um número fechado de quantas canções estarão no DVD. Mas que a expectativa é que sejam 30, sendo 19 inéditas e 11 regravações, das mais 60 músicas que foram gravadas.

Sobre a escolha do repertório, Safadão disse que "foi o processo mais difícil de todos, porque a gente começou com uma safra muito ruim, mas depois a coisa caminhou e tivemos até dificuldade em escolher. "Quando começa a cortar, você para e pensa: 'e se for um sucesso?' O repertório está muito bom, é o meu melhor repertório e é o palco mais bonito que eu já gravei."

O nervosismo para a gravação do quinto DVD era tanto que o músico revelou que estava com intestino frouxo. "Tem duas semanas que estou com dor de barriga. E por um lado foi até bom dei uma emagrecida porque estava mais pesado. Mas sabe aquela dor de barriga mesmo, vazando total", brincou o músico, que disse ainda que senti aquele friozinho na barriga antes das apresentações.

Aos 30 anos, Safadão está em sua melhor fase profissional com múltiplos projetos sendo desenvolvidos simultaneamente. Neste ano, o músico apresentou o programa musical "Só Toca Top" (Globo), lançou seu "TBT" com músicas antigas em junho, e agora gravou seu quinto DVD no Rio, com previsão de lançamento para outubro. O cantor também tem investido em sua carreira internacional com uma nova turnê americana no final de setembro e, em novembro, realiza a segunda edição de seu cruzeiro temático, WS on Board.

"Que noite incrível, que momento mágico. Um mar de gente dando um show de energia e vibração positiva, não queria parar de cantar. Agradeço a Deus em primeiro lugar por me permitir viver tudo isso, depois minha família, meu porto seguro, e a cada uma das pessoas que saíram da sua casa e vieram me prestigiar", disse Safadão ao terminar seu show.

Fonte: Folha Press

Imprimir