Cidadeverde.com
Política

Câmara inicia análise de empréstimo de R$ 30 milhões com críticas à prefeitura

Imprimir

Foto:RobertaAline/CidadeVerde.com

O pedido de empréstimo de R$ 30 milhões da Prefeitura de Teresina junto ao BNDS causa polêmica na Câmara Municipal. Os recursos devem ser aplicados no projeto de segurança pública “Teresina Protege”. Porém, a oposição critica. 

De acordo com a prefeitura, dos R$ 30 milhões R$ 19 milhões devem ser usados para a compra de 330 câmeras. O problema é que de acordo com o texto encaminhado à Casa, essas câmeras ficaram apenas nas entradas e saídas da capital. O restante dos recursos será utilizado no aparelhamento da Guarda Municipal. 

“Os crimes em Teresina ocorrem é na periferia e a prefeitura vai colocar câmeras nas entradas e nas saídas. É válido, mas são muitas câmeras que podem ser distribuídas pela cidade. Tem que investir é na periferia onde as pessoas são reféns da violência”, disse o presidente da Casa Jeová Alencar.

A mensagem da prefeitura foi lida em plenário da Casa e foi encaminhada para as comissões técnicas. Em seguida deve retornar ao plenário para a primeira e segunda votação. 

Lídia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Imprimir