Cidadeverde.com
Últimas

Bombeiros do Piauí contratam aeronaves para operações de combate a incêndios

Imprimir

Fotos: Corpo de Bombeiros-PI

Com 30 registros por dia de incêndios em todo o estado, o Corpo de Bombeiros do Piauí adquiriu duas aeronaves para combater as chamas. Um dos aviões, um monomotor Air Tractor AT-502B que tem capacidade para 2.600 litros de água, já se encontra há dois dias em operação no Sul do Piauí.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) revelam que de janeiro ao dia 20 de setembro deste ano foram registrados 5.550 focos, com um aumento de 1,5% em relação ao ano passado.Os municípios com maior incidência este ano foram Uruçuí (468). Baixa Grande do Ribeiro (411), Floriano (325) e Pimenteiras (269).

Pertencentes a uma empresa privada com pontos em Brasília e na Bahia, as aeronaves foram contratadas em licitação do feita pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). 

A segunda aeronave ainda não está no Piauí mas encontra-se disponível em casos de incêndios de maior magnitude. 


Aeronave em operação. 

A aeronave foi usada no combate a incêndios na fronteira do Piauí e Ceará, nas proximidades do município de Pimenteiras e ficará disponível para a região dos parques de conservação federal da Serra da Capivara e Serra das Confusões localizados no Sul do estado

“Ano passado tivemos focos de queimadas em unidades de conservação, por isso já deixamos a aeronave posicionada por lá para em casos de novos incêndios”, explicou o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Carlos Frederico.

Média

Segundo o comandante da corporação, não houve aumento drástico de incidências de queimadas em relação ao ano passado. “Estamos no mesmo padrão, a média muito parecida com o ano passado, com cerca de 30 ocorrência por dia”, disse.

 

Valmir Macêdo
valmirmacedo@cidadeverde.com

Imprimir