Cidadeverde.com
Geral

Criança de um ano vira refém em série de assaltos violentos no bairro São Pedro

Imprimir

Fotos: Yala Sena

Mãe da criança agradece a coragem de Tiago Adão (com camisa do Flamengo) que tirou o filho das mãos dos bandidos

Um bebê de um ano foi tomado de refém durante uma série de assaltos ocorridos na noite deste sábado (21), no bairro São Pedro, zona Sul de Teresina.

A criança estava sendo levada pelo avô na bicicleta - por volta das 19h30 - quando um dos assaltantes pegou a criança e seguiu em fuga. Um popular, pensando que era sequestro, avançou para cima do criminoso e na confusão levou um tiro. A dupla fez pelo menos cinco assaltos. Houve pânico no bairro, troca de tiros entre a polícia e os criminosos e a criança foi localizada.

A mãe do bebê, a revisora Adriana Alves de Amorim, 39 anos, conta que se desesperou quando soube que seu filho estava com os assaltantes. Ela foi informada que os suspeitos tinham saído de bicicleta e no impulso pegou uma moto e passou a procurar os bandidos.  

"Eu fiquei desesperada, peguei uma moto, sair em várias ruas procurando meu filho. Quando entregaram ele chorei, pensei que não ia vê-lo mais, eu ajoelhei no chão e chorei", disse.

O sargento José Carlos Vieira, do 1º Batalhão, informou ao Cidadeverde.com que a dupla vinha fazendo assaltos usando uma moto Pop 100 vermelha. Segundo o policial, uma das vítimas reagiu ao assalto e na troca de tiros, um dos suspeitos foi ferido.

"Eles pegaram a criança e saíra em fuga. O cerco estava fechado e eles abandonaram a criança no mesmo bairro. Tinha uma carro preto, mas ninguém sabe se era um popular atrás da criança ou era mais um comparsa deles. Tudo será investigado", informou o sargento.

 

Dois suspeitos foram presos - Jonatas Martins da Silva, 21 anos, e Vinicius de Andrade Silva, 21 anos -. Durante a fuga, Vinicius foi baleado, levou dois tiros, e quase foi linchado pelos moradores do bairro. Ele foi levado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Três celulares, uma carteira, uma moto e a arma usada nos assaltos foram recuperados.

A criança, os pais e as vítimas foram para a Central de Flagrante.

Uma das vítimas foi o entregador de gás, Gesenieldo da Silva Sousa, 33 anos. Ele contou que estava fazendo uma entrega quando os criminosos anunciaram assalto e levaram seu celular e bolsa. Um dos celulares recuperados era de Gesenieldo. 

O pai da criança Antônio Hélio Rodrigues de Sousa, 31 anos, que é motorista, disse que testemunhas lhe relataram que foi pedido para os bandidos não levarem a criança, mas eles ignoraram o pedido. 

O auxiliar de escritório, Tiago Adão de Sousa, 35 anos, foi um dos herói da noite. Ele conseguiu tomar a criança do bandido. Na briga, ele levou um tiro de raspão no braço esquerdo. 

Dentro da Central, os pais da criança se encontraram com Tiago e agradeceram por ele ter salvado o bebê. "Foi Deus que colocou ele naquela hora e naquele lugar", disse emocionada a mãe da criança. Tiago estava em um bar no bairro São Pedro, assistindo o jogo do Flamengo quando se deparou com o bandido levando a criança. 

Sargento José Lopes (J. Lopes), da Força Tática do 1º Batalhão, que acompanhou a ocorrência

Um dos suspeitos preso/ foto: divulgação PM/PI

 


Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

Imprimir