Cidadeverde.com
Esporte

Liverpool leva 3 gols e toma susto em casa, mas bate Salzburg em jogo espetacular

Imprimir

O Liverpool precisou utilizar todo o seu poderio de atual campeão europeu para derrotar o guerreiro time do Salzburg, por 4 a 3, nesta quarta-feira, em Anfield Road, pela segunda rodada do Grupo E da Liga dos Campeões.

Atuando em casa, a equipe comandada por Jürgen Klopp chegou a abrir 3 a 0 já no primeiro tempo, mas foi surpreendida com uma incrível reação dos visitantes, que foram buscar um improvável empate por 3 a 3. 

Porém, Mohamed Salah, autor de dois gols no jogo, balançou as redes para assegurar o seu primeiro triunfo nesta edição da competição continental.

Com o resultado, o time inglês alcançou os mesmos três pontos do adversário na chave, mas ocupa o terceiro lugar. A equipe austríaca está na vice-liderança por ter goleado o Genk por 6 a 2 em sua estreia, no dia 17 de setembro, quando os atuais campeões abriram campanha com uma derrota por 2 a 0 para o Napoli, na Itália.

O clube italiano, que horas mais cedo empatou por 0 a 0 com o Genk, fora de casa, figura no topo isolado deste Grupo F, com quatro pontos, enquanto a equipe belga está na lanterna, com um ponto. Na próxima rodada, no dia 23, o Genk recebe na Bélgica o Liverpool, enquanto o Napoli vai até a Áustria encarar o Salzburg.

Mordido pela derrota para o Napoli na primeira rodada, o Liverpool não economizou esforços para demonstrar sua força. E isso logo nos primeiros 45 minutos. Foram três gols, cada um com uma característica marcante da equipe dirigida por Klopp.

Aos 9 minutos, Sadio Mané pegou a bola na intermediária pelo lado esquerdo, partiu em direção ao gol, passou por um marcador, tabelou com Firmino e exibiu tranquilidade diante do goleiro Stankovic para abrir o placar.

Aos 24, praticamente todo o time tocou na bola para que o lateral-esquerdo Robertson surgisse na área austríaca para fazer 2 a 0. E o terceiro, aos 35, premiou o grande trabalho feito pelo egípcio Salah, após jogada de Mané e Firmino, o grande trio de ataque da equipe inglesa.

O Salzburg em nenhum momento se intimidou ou perdeu o entusiasmo, demonstrando que os 6 a 2 frente ao Genk na primeira rodada não foi por acaso. Com valentia, a dupla de ataque formada pelo zambiano Patson Daka e pelo sul-coreano Hee-Chan Hwang encarou a zaga inglesa e incomodou o goleiro Adrián.

O prêmio veio aos 39 minutos, quando Hwang recebeu pelo lado esquerdo do ataque, deu um lindo drible no badalado Virgil van Dijk e fez o gol austríaco.

Se o primeiro tempo foi muito bom, o segundo superou todas as expectativas. O Salzburg mostrou que estava longe de desistir, quando Daka quase marcou na saída de bola mal feita por Adrián.

O Liverpool respondeu com Mané, que fez grande jogada e rolou para Wijnaldum chutar com perigo. O lance fez o Salzburg ir ainda mais para frente. O húngaro Zoboszlai teve chance de marcar, mas foi o japonês Takumi Minamino, em um belo sem pulo, que fez o segundo gol, aos 10.

A pressão do time visitante aumentou. Zoboszlai perdeu outro gol, antes de o norueguês Erling Braut Haaland empatar, após assistência de Minamino.

O jogo ficou aberto. Klopp fechou a cara no banco de reservas e o time da casa mostrou personalidade para não se abater. Aos 23, a zaga do Salzburg cometeu um erro. Firmino deu esperto toque para Salah, que não perdoou: 4 a 3. Daí em diante, o Liverpool usou de toda sua experiência para conter um desgastado Salzburg, que não teve forças para reagir.

GRUPO G - O Lyon, do técnico Sylvinho, venceu o RB Leipzig, na Alemanha, por 2 a 0, com gols de Depay e Terrier, em confronto válido pela segunda rodada do Grupo G da Liga dos Campeões. No outro duelo do dia pela chave, em São Petersburgo, o Zenit bateu o Benfica por 3 a 1. Dzyuba, Ruben Dias e Azmoun marcaram para os russos, enquanto Raul de Tomas descontou para os portugueses

Com quatro pontos, Zenit e Lyon lideram o grupo, sendo que o clube russo está à frente da equipe francesa pelo maior número de gols marcados (4 a 3), sendo que ambos possuem dois de saldo. A equipe de Leipzig soma três e ocupa o terceiro lugar, enquanto o Benfica perdeu os dois jogos que fez na chave e está na lanterna, ainda sem pontuar.

No próximo dia 23, a equipe alemã e o time russo vão medir forças em Leipzig, enquanto o clube português receberá o Lyon em Lisboa pela terceira rodada deste Grupo G.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir