Cidadeverde.com
Cidades

Escola também registrou surto de meninas mas nega prática de jogo

Imprimir

Foto: Reprodução Google Street View

Após quatro estudantes serem atendidas pelo hospital de Buriti dos Lopes na última quinta-feira (03), depois de um surto provocado por um jogo adolescente, surgiu na internet que um outro caso teria ocorrido em uma escola na cidade de Nossa Senhora de Nazaré. O município fica a 114 Km ao norte de Teresina.

O Cidadeverde.com entrou em contato com a diretora da Unidade Escolar Mariinha Andrade e Silva, Rosélia Galvão. Ela confirmou que duas estudantes de 11 anos passaram mal e negou a prática do jogo na escola. Segundo a diretora, as meninas que cursam o 6° ano chegaram a desmaiar, após uma delas alegar estar vendo espíritos. 

Rosélia relata que o primeiro caso envolvendo as meninas ocorreu há cerca de 20 dias e não envolveu o jogo Charlie Charlie Challenge

“Não teve jogo. Elas são muito amigas e estudavam juntas, uma disse que estava vendo um homem (um espírito) próximo da outra. Na hora do intervalo, uma ficou nervosa e desmaiou. A outra ficou nervosa e passou mal dizendo que estava com falta de ar. Chamamos a família e levamos elas para o hospital de Campo Maior, elas foram medicadas e liberadas junto com a família”, disse a diretora.

Rosélia contou que a equipe de saúde que atendeu as meninas só conseguiu acalmar uma delas quando as duas foram atendidas em salas separadas. Uma deles foi socorrida pela ambulância do hospital.

Cinco dias depois as meninas apresentaram o mesmo comportamento. Uma desmaiou novamente após os relatos da amiga, que afirmava ver um espírito.

“Nessa segunda vez elas não foram hospitalizadas, chamamos novamente os pais e decidimos separar elas de turma. Há quinze dias, uma está estudando no turno da manhã e outra no turno da tarde. Depois disso, não tivemos mais nenhum problema, a escola está funcionando normalmente”, afirmou a diretora.

As jovens moram na mesma localidade, na zona rural de Nossa Senhora de Nazaré. 

A Unidade Escolar Mariinha Andrade e Silva atende mais de 240 alunos até o 9° ano do Ensino Fundamental. 

Repercussão

Com a ocorrência em Buriti dos Lopes na quinta-feira (3), o caso das duas meninas de Nossa Senhora de Nazaré foi resgatado. “A gente fica preocupado com essa circulação de notícias. Estão espalhando uma foto antiga das merendeiras que não tem nada a ver, dizendo que são muitos estudantes quando foi um caso isolado que já foi resolvido. Isso expõe as crianças”, lamentou. 

Valmir Macedo
valmirmacedo@cidadeverde.com

Imprimir