Cidadeverde.com
Geral

Papa pede respeito aos indígenas e diz que 'ideologias são uma arma perigosa'

Imprimir

Foto: franciscus/Instagram



No discurso de abertura dos trabalhos do Sínodo dos Bispos Sobre a Amazônia, na manhã desta segunda-feira, 7, o papa Francisco recordou o passado em que a Igreja Católica procurou catequizar povos indígenas, cobrou respeito às diferentes culturas e afirmou que "as ideologias são uma arma perigosa".

Para o sumo pontífice, colonizações ideológicas "destroem ou reduzem as idiossincrasias das pessoas" e esse tipo de conduta é um risco, pois não se pode "domesticar os povos nativos". Francisco fez um mea-culpa, afirmando que a própria Igreja, quando se esqueceu disso, acabou por "menosprezar" povos e culturas.

"(As ideologias) são redutivas e nos levam ao exagero em nossa pretensão de entender intelectualmente, mas sem aceitar, entender sem admirar, receber a realidade em categorias, em 'ismos'. Quando precisamos nos aproximar da realidade de algumas pessoas nativas, falamos sobre indigenismos e, quando queremos dar a eles uma pista para uma vida melhor, não perguntamos, falamos sobre desenvolvimentismo", disse o pontífice.

Francisco afirmou que é preciso abordar os povos amazônicos "respeitando sua história, suas culturas, seu estilo de vida". "Porque todos os povos têm sua própria sabedoria, autoconsciência, os povos têm sentimento, uma maneira de ver a realidade, uma história e tendem a ser protagonistas de suas histórias com essas qualidades", afirmou.

O papa destacou que o encontro dos religiosos no Vaticano tem quatro dimensões: pastoral, cultural, social e ecológica. "A dimensão pastoral é o essencial, que abrange tudo. Nos aproximamos com um coração cristão e vemos a realidade da Amazônia com os olhos de um discípulo para entendê-la e interpretá-la com os olhos de um discípulo, porque não há hermenêutica neutra, hermenêutica asséptica."

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

EN: I ask you to accompany this important ecclesial event with prayers, so that it may be experienced in fraternal communion and docility to the Holy Spirit, who always shows the ways for bearing witness to the Gospel. #SinodoAmazonico PT: Peço a vocês que acompanhem com a oração este importante evento eclesial, a fim de que seja vivido na comunhão fraterna e na docilidade ao Espírito Santo, que sempre mostra os caminhos para o testemunho do Evangelho. #SinodoAmazonico ES: Les pido que acompañen con la oración este evento eclesial para que se viva en comunión fraterna y con docilidad al Espíritu Santo, que siempre nos muestra los caminos para dar testimonio del Evangelio. #SinodoAmazonico IT: Vi chiedo di accompagnare con la preghiera questo evento ecclesiale, affinché sia vissuto nella comunione fraterna e nella docilità allo Spirito Santo, che sempre mostra le vie per la testimonianza del Vangelo. #SinodoAmazonico FR: Je vous demande d’accompagner par la prière cet événement ecclésial important, afin qu’il soit vécu dans la communion fraternelle et dans la docilité à l’Esprit Saint, qui montre toujours les chemins pour le témoignage de l’Evangile. #SinodoAmazonico

Uma publicação compartilhada por Pope Francis (@franciscus) em

 

 

 

Fonte: Estadão Conteúdo 

Imprimir