Cidadeverde.com
Geral

Família procura diarista desaparecida desde quinta (10) na região do Angelim

Imprimir

Fotos: Arquivo Pessoal

A diarista Cleidinalva Maria da Silva, 39 anos, está desaparecida desde a última quinta-feira(10). Ela saiu para trabalhar em uma draga e teria que retornar às 11h40, mas até o momento não chegou na casa onde mora no bairro Angelim, zona Sul de Teresina. 

De acordo com o esposo dela, Edmilson Ferreira do Nascimento, ela o acordou para ir ao médico e saiu para trabalhar. “Voltei para casa e esperei ela. Duas horas da tarde e nada dela voltar, quando fui lá no trabalho dela, que próximo de casa e perguntei, eles disseram que ela tinha ido para casa no horário normal. Disseram que perceberam ela mais cabisbaixa, perguntaram se ela estava bem e ela disse que estava, só que ela nunca chegou em casa”, contou o marido. 

Ele disse que ela estava com uma blusa vinho, com um decote na frente e um short preto quando desapareceu. A família já acionou a Delegacia de Proteção à Pessoa. 

“A gente acredita que ela teve algum distúrbio e em vez de ir para casa, foi para outro lugar. Ela já foi vista perto do HUT, na zona leste, no Dirceu. Já rodei a cidade toda e não encontro ela”, afirma Edmilson Nascimento. 

Cleidinalva tem oito filhos, quatro deles com Edmilson.

Informações sobre o paradeiro da diarista entrar em contato com o marido (86) 99928-0595 / 98881-1326 (Edmilson) ou com as irmãs 99500-5294/ 99560-3126/ 99599-5601.

 


Blusa que ela estava vestida quando desapareceu


Da redação
redacao@cidadeverde.com

Imprimir