Cidadeverde.com
Viver Bem

Hipertensão arterial em crianças e jovens exige atenção

Imprimir

Foto: Reprodução Drauzio Varela

A hipertensão arterial não é uma preocupação apenas dos mais velhos. Afinal, alguns fatores podem provocar o problema em crianças e jovens. No mundo, a chamada pressão alta é a causa da morte em 51% dos casos de acidente vascular cerebral (AVC).

Além disso, provoca doenças como diabetes e colesterol alto, além de problemas renais. Em sua maioria, os casos têm relação direta com a má alimentação.

Cuidados

Para garantir que crianças e adolescentes consumam menos açúcar e mantenham uma alimentação balanceada e saudável é preciso incentivar. Por isso, os pais precisam dar o exemplo, mantendo também uma dieta equilibrada, evitando o consumo excessivo de frituras, hambúrgueres, batatas fritas e gordura.

Esses alimentos, de acordo com nutricionistas, possuem muito sódio, além de uma substância chamada glutamato monossódico, que aumenta o sabor e ativa o sistema nervoso central, elevando assim a pressão arterial. Até os dois anos, é recomendável não ingerir açúcar. 

Atitudes

Dessa forma, evite manter a dispensa com um estoque de doces. Isso não significa radicalizar. Afinal, em algumas situações é praticamente inevitável o consumo. O problema aqui é o exagero, transformando a prática em rotina.

Beber água e praticar exercícios são ações recomendáveis, pois previnem que a doença se desenvolva. Além disso é muito importante consultar o médico periodicamente.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir