Cidadeverde.com
Geral

Moradores de bairros das zonas Leste e Sul sofrem há 48 horas sem energia

Imprimir

Os moradores do bairro Anita Ferraz, localizado na  zona Leste de Teresina, e do Residencial Torquato Neto, na zona Sul,  afirmam que estão há 48 horas sem energia elétrica. O fornecimento nos bairros foi suspenso na última segunda-feira (14). 

A moradora Rivânia Carvalho contou ao Cidadeverde.com que 50% do bairro Anita Ferraz está sem energia. Os moradores afirmam que ligam constantemente para a central telefônica da Equatorial- Piauí, no entanto o problema não é resolvido. 

"Eles dizem que estão mandando equipe para a área, mas a gente nunca vê essa equipe chegar. Ontem eles falaram que a luz iria chegar às 16h, mas foi só promessa. Estamos há 48 horas sem energia. Pessoas com deficiência, crianças e idosos estão sofrendo. Os comerciantes também estão perdendo tudo. É triste essa situação", conta Rivânia.

Uma outra moradora do bairro, Suellen Viana, afirma que fica mais de 30 minutos aguardando ser atendida em uma ligação com a central telefônica da Equatorial.  "Quando atendem tratam a gente super mal, dizem que a única coisa que podem fazer é pedir para esperarmos. Isso é lamentável, pagamos um absurdo para sermos maltratados. Estou com meu esposo operado da garganta só pode se alimentar de bebida gelada. É lamentável", reclama. 

No Residencial Caneleiro- no bairro Torquato Neto, a situação é similar. Lá os moradores também estão há 48 horas sem energia e afirma que "não sabem mais a quem recorrer". O morador Deynn Farias afirma que várias ligações foram feitas para a Equatorial, mas o problema persiste. 

A assessoria de imprensa da Equatorial Piauí informou ao Cidadeverde.com que vai se inteirar sobre o que causou a falta de energia no bairro Anitta Ferraz.  A Concessionária não soube informar quantos bairros da capital estariam enfrentando o problema. 

A assessoria disse apenas que não houve danos estruturais como na noite da último dia 4 de outubro, quando ventos de 80 Km/h atingiram Teresina e houve falta de energia em vários bairros. 


Audiência no Procon
O  Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (PROCON) está acompanhando a falta de fornecimento elétrico em bairros de Teresina. O promotor e coordenador-geral do Procon, Nivaldo Ribeiro, informou ao Cidadeverde.com que no próximo dia 25 de outubro terá uma audiência com representantes da Equatorial Piauí.

O Procon instaurou processo administrativo contra a concessionária de energia Cepisa-Equatorial com o intuito de obter esclarecimentos sobre a falta de energia elétrica que ocorreu no dia 4 de outubro. 

 O promotor determinou a notificação da empresa para designação de audiência de conciliação a ser realizada com o objetivo de tratar da falta de energia e de preservar os direitos consumeristas.
 
Código de Defesa do Consumidor (CDC)
 
O artigo 22 do CDC dispõe que os órgãos públicos, por si ou suas empresas, concessionárias, permissionárias ou sob qualquer outra forma de empreendimento, são obrigados a fornecer serviços adequados, eficientes, seguros e, quanto aos essenciais, contínuos. O artigo 20, § 2° do Código estabelece que são impróprios os serviços que se mostrem inadequados para os fins que razoavelmente deles se esperam, bem como aqueles que não atendam às normas regulamentares de prestabilidade.

 

Izabella Pimentel
izabella@cidadeverde.com 

Imprimir