Cidadeverde.com
Geral

Moradores serão desalojados em nova fase do Lagoas do Norte

Imprimir

Moradores que moram próximos às lagoas dos bairros Olarias e Piçarreira deverão desocupar a área para dar continuidade ao Programa Lagoas do Norte. O local, que sofre com os alagamentos no período chuvoso, será transformado em um parque ambiental.  

Quando chega o período chuvoso, a dona de casa Mariana não consegue dormir com o risco de inundação. “Este ano a gente teve que fazer uma calçada pra gente passar porque até para a gente sair de casa para resolver alguma coisa, era complicado. Eu tenho três filhos pequenos, para eu sair com eles no período chuvoso é complicado”, relata a moradora.

Segundo a PMT as áreas são de risco e por conta disso as famílias são cadastradas para serem realojadas involuntariamente. A elas são dadas três opções. 

“Nós temos três opções que são oferecidos para a família. Uma delas é o reassentamento monitorado, em que a família pode escolher uma casa, em qualquer local da cidade, no valor de até R$ 77 mil. Temos o valor de indenização das casas que são avaliadas acima desse valor e temos também um reassentamento no Parque Brasil”, explica Márcia Muniz, coordenadora-geral do Programa Lagoas do Norte.

As obras nos parques construídos ao redor das lagoas envolvem investimentos de R$ 33 milhões do Banco Mundial. 

Da Redação
[email protected]

Imprimir