Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo faz 2 a 0, cede empate ao Goiás e vê vantagem para o Palmeiras cair

Imprimir

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

 

A 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro não foi boa para o Flamengo. Além de ver os rivais Palmeiras e Santos vencerem seus jogos, ainda só empatou, nesta quinta-feira à noite, por 2 a 2, diante do Goiás, no Serra Dourada, depois de abrir 2 a 0.

O time carioca terminou o duelo com dez jogadores, pois o goleiro César foi expulso. Ao final da partida, Willian Arão e Gabriel discutiram de forma intensa ainda no gramado.

Com o resultado, o Flamengo chegou aos 68 pontos, contra 60 do Palmeiras. No fim de semana, os dois primeiros colocados jogam em casa. Os cariocas recebem o Corinthians, no Maracanã, no domingo, enquanto os paulistas terão pela frente o Ceará, sábado, no Allianz Parque. O Goiás chegou aos 39 pontos, em décimo lugar. No domingo, novamente no Serra Dourada, receberá o Avaí.

Empurrado por 15 mil rubro-negros presentes ao Serra Dourada, o Flamengo começou em um ritmo muito intenso. Logo aos cinco minutos, após cobrança de escanteio de Everton Ribeiro, Pablo Marí cabeceou na trave.

O Goiás não se intimidou. Ao concentrar suas jogadas pelo lado esquerdo com Michael, o time da casa construiu pelo menos três boas situações de gol. Cesar, que substituiu Diego Alves (machucado), foi bem em uma delas. As outras duas oportunidades foram finalizadas para fora.

A marcação goiana, muito bem feita, só propiciou uma chance para Gabriel, o artilheiro do campeonato, aos 41 minutos. Mas o goleiro Tadeu saiu bem no lance e conseguiu abafar a jogada.

O segundo tempo começou com os dois times sendo perigosos, com o Flamengo no ataque e o Goiás respondendendo em contra-ataques. Aos oito minutos, uma bela troca de passes entre Arrascaeta e Bruno Henrique encontrou Gabriel livre. Tadeu fez bela defesa, ao fechar o ângulo.

Mas no escanteio não teve jeito. Everton Ribeiro cruzou, Rodrigo Caio tocou de cabeça e Tadeu deu rebote. Gabriel, de qualquer jeito, empurrou para as redes e marcou seu 20.º gol no campeonato.

Com a vantagem, o Flamengo aumentou o ritmo e fez o segundo novamente após escanteio. Everton Ribeiro, mais uma vez, levantou a bola para a área. Bruno Henrique desviou e Rodrigo Caio completou: 2 a 0, aos 17 minutos.

Confirmando a sua boa fase no campeonato, o Goiás não se deu por vencido. Atacando sempre pelo lado esquerdo com Michel, o time conseguiu diminuir a vantagem, aos 31 minutos, com Rafael Moura

O jogo pegou fogo. Na saída de bola, Michel, mais uma vez, levou perigo ao gol de Cesar com um chute perigoso de fora da área. Aos 35, Rafael Vaz quase fez um golaço, ao arriscar de bem longe No lance seguinte, Rafael Moura tentou encobrir César quase do meio de campo.

Aos 39, Cesar saiu mal, deu um pontapé em Yago Felipe. A bola sobrou para Rafael Moura que finalizou para o gol aberto, mas Pablo Mari salvou de cabeça quase em cima da linha. O árbitro expulsou César. Vitinho, que havia entrado no lugar de Everton Ribeiro, saiu para a entrada do goleiro Gabriel Batista. Aos 49, Michael surgiu livre diante de Gabriel Batista e empatou: 2 a 2.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 2 X 2 FLAMENGO
GOIÁS - Tadeu; Yago Rocha (Breno), Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto, Yago Felipe, Léo Sena (Thalles) e Michael; Rafael Moura e Leandro Barcia. TÉCNICO: Ney Franco.
FLAMENGO - César; Rodinei, Rodrigo Caio, Pablo Mari e Filipe Luís; Willian Arão, Piris da Motta, Everton Ribeiro (Vitinho depois Gabriel Batista) e Arrascaeta (Gerson); Gabriel e Bruno Henrique. TÉCNICO: Jorge Jesus.
GOLS - Gabriel aos nove, Rodrigo Caio aos 17 e Rafael Moura aos 31 e Michael aos 49 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (MG).
CARTÕES AMARELOS - Rafael Moura, Gilberto, Bruno Henrique. Jefferson, Lenadro Barcia, Gabriel.
RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.
LOCAL - Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO).

Por Wilson Baldini Jr.
Estadão Conteúdo

Imprimir