Cidadeverde.com
Entretenimento

Show da Resistência debate garantia de direitos dos moradores da zona Norte

Imprimir

Evento reunirá vários artistas. Fotos: Roberta Aline/Cidadeverde.com

 

Logo mais, às 18h desta sexta-feira (1), a Praça Pedro II será palco do Show da Resistência. O evento reúne moradores da região Norte de Teresina, artistas, representantes da sociedade civil organizada, defensores públicos, pesquisadores e professores contra o processo de desapropriação de casas do projeto Lagoas do Norte. 

Lúcia Oliveira, uma das organizadoras do ato, diz que o projeto surgiu da preocupação em preservar a identidade cultural e lutar pela garantia de direitos do moradores da zona Norte da capital, sobretudo dos que resistem na área do projeto Lagoas dos Norte. 

O Show da Resistência também marca a abertura de novembro, o mês da Consciência Negra. "O show nasce a partir da reflexão  do povo, pesquisadores, artistas que se sensibilizaram com a luta dos atingidos pelo projeto Lagoas do Norte. Compreendemos que a arte também é uma forma de resistência. Resolvemos fazer esse show em solidariedade a essas pessoas que ali resistem por ser a região Norte, o Poti Velho, um berço cultural e de resistência", conta Lúcia.

Entre as falas de resistência e discussão popular, serão realizados shows de artistas piauienses piauienses. Entre as atrações o boi Touro da Ilha, Bai Bai, Severo, Esther, Afoxá, Valor de Pi, Cajú Pinga Fogo, RAPorElas, Reação do Gueto, James Brito e Tambor Mangacrioula. 

"São moradores que vivem mais de 50 anos na região, esses moradores querem discutir, serem inclusos nesse processos. Precisamos discutir de uma maneira horizontal. É uma iniciativa para chamar a população, o movimento social para falar nisso e se atentem ao que está acontecendo", disse o cantor Severo.

A programação do evento encerra às 22h.

Izabella Pimentel
[email protected] 

Imprimir