Cidadeverde.com
Geral

Adolescente é morto em suposta tentativa de assalto; atirador deixou colete balístico

Imprimir

Ampliada às 11h14

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) identificou o suspeito de atirar no adolescente. Trata-se do policial militar do Piauí Carlos Magno Amorim. A principal tese da Polícia Civil é de que o PM agiu em legítima defesa. 

O PM foi abordado por pelo menos três assaltantes quando estava manobrando seu veículo na Rua 5 do bairro Renascenca III. Os suspeitos usavam uma faca. Segundo informações colhidas no local, o PM reagiu e efetuou tiros em um deles, que morreu no local.

O coordenador do DHPP, Francisco Costa, o Baretta, disse que a mãe do adolescente falou que ele saiu de casa ontem, às 17h30 para comprar um lanche. Após 23h um rapaz, que ela não disse o nome, informou que seu filho havia sido baleado.

Foto: Izabella Pimentel/ Cidadeverde.com

Inquérito já foi instaurado e o DHPP já está identificando os outros suspeitos de participar da ação criminosa. 

A expectativa é que o PM que teria reagido à ação se apresente ao DHPP nas próximas horas. Caso contrário, o comando da Polícia Militar será acionado para adotar as devidas providências. 

“Sendo comprovada a legítima defesa a lei é bem clara em dizer que não houve crime. Estamos aguardando a apresentação do autor do fato para dizer o que aconteceu aliado ao que diz as testemunhas”, explica Baretta.

Por meio de nota, a Polícia Militar do Piauí se posicionou sobre o caso e informou que o PM foi lesionado por arma branca. 

"Por volta das 23h, um policial militar após sair de uma residência na Rua Ivani Veras, no bairro Renascença, foi surpreendido por três indivíduos que portavam uma arma branca e anunciaram o assalto.  Que o policial militar foi lesionado por arma branca e conseguiu reagir e alvejar um dos indivíduos, os outros dois indivíduos empreenderam fuga. A guarnição da Força Tática do 8º BPM e da Rone ao chegarem ao local, acionaram o Samu, onde foi constatado o óbito do adolescente Carlos Felipe Pereira. O local foi isolado, a perícia criminal, o IML e o DHPP foram acionados. Segundo populares, o adolescente  possuía passagens pelo Centro de Educação Masculino (CEM) e pelo Centro Educacional de Internação Provisória (CEIP). O policial se ausentou do local e em seguida, se dirigiu espontaneamente para Central de Flagrantes com o seu advogado e também até à Corregedoria", informou a nota da PM. 

 

Publicada às 7h35

Um adolescente identificado como Carlos Felipe, 17 anos, foi morto a tiros supostamente ao tentar assaltar um morador no bairro Renascença III, na região do Grande Dirceu. O crime ocorreu por volta de 22h30, desta quinta-feira (05). 

No corpo do adolescente foram encontrados pelo menos três marcas de tiros. Ao lado dele havia uma faca que teria sido usada na suposta tentativa de assalto. 

O atirador- não identificado- fugiu e deixou para trás um colete balístico em um carro. A suspeita é que seja um policial.

Carlos Felipe tinha histórico de ato infracional análogo a roubo. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

 

Com informações Notícia da Manhã
[email protected]

Imprimir