Cidadeverde.com
Esporte

Athletico-PR enfrenta o Cruzeiro um dia após demitir Tiago Nunes

Imprimir

O Athletico-PR anunciou na noite desta terça-feira (5), na véspera do confronto com o Cruzeiro, pelo Campeonato Brasileiro, a saída do técnico Tiago Nunes, que tem acerto encaminhado com o Corinthians.

Em nota oficial, o clube paranaense afirmou que a saída do profissional ocorreu "após longas conversas e o maior esforço já feito na história por parte do Athletico para a continuidade de um técnico no clube".

"A memória é curta no futebol. Tiago Nunes esqueceu muito rápido que poucos meses atrás treinava o time Sub-19 do Furacão", diz trecho do documento. "Nossa decepção maior foi da maneira que fomos tratados pelo Sport Club Corinthians Paulista", acrescenta a nota.

Com a saída de Tiago Nunes, Eduardo Barros, coordenador da base atleticana, assumirá a equipe paranaense interinamente a partir do duelo com Cruzeiro, às 21h30 desta quarta (6), na Arena da Baixada, pela 31ª rodada do Brasileiro.

Auxiliar de Fernando Diniz no Athletico em 2018, Barros terá a companhia de Rogério Corrêa, treinador do time sub-17 e ex-jogador do time paranaense, sendo inclusive campeão brasileiro em 2001.

Tiago Nunes assumiu o elenco principal do Athletico em meio à Copa do Mundo de 2018, quando o time rubro-negro estava na zona de rebaixamento do Brasileirão, após a saída de Diniz, hoje treinador do São Paulo.

Campeão Estadual e da Copa Sul-Americana em 2018, da Levain Cup e da Copa do Brasil em 2019, Nunes ocupava o cargo de "Head Coach" no organograma atleticano, o que lhe dava o acúmulo de funções ao coordenar as comissões técnicas dos times da base.

Ele deixa o Athletico na sexta posição do Brasileiro, com 46 pontos, e já classificado para a Libertadores de 2020, por causa do título da Copa do Brasil. O primeiro adversário dos rubro-negros após a saída de Nunes vive realidade distinta.

O Cruzeiro ocupa a 16ª colocação, com 33 pontos, e briga para não cair à Série B do Brasileiro. No duelo na capital paranaense, não poderá contar com os suspensos Fred e Orejuela além do meia Thiago Neves, poupado. Éderson, com dores no joelho direito, é dúvida.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir