Cidadeverde.com
Entretenimento

Ator de "Sense 8" assume ser gay e fala sobre infância difícil

Imprimir

Fotos: Reprodução/instagram/@smithespis

O ator Brian J. Smith, 38, conhecido pelo seu trabalho na série "Sense 8" (2015-2018) da Netflix, se assumiu homossexual em entrevista à revista gay britânica Attitude. À publicação, ele contou que teve uma infância difícil ao crescer nos anos 1980 na zona rural do Texas (EUA), estado conservador americano. 

"Eu morria de medo. Na escola, eu não me encaixava em nenhum grupo. Eu não era atleta, não era nerd", disse ele.

Smith falou que na época se sentia "completamente sozinho", porque não havia qualquer aliança ou grupo LGBTQ. "Eu era xingado de todos os nomes (...). Eu nunca podia ser eu mesmo."

Foi no teatro que o ator disse ter se sentido menos sozinho. "No palco, eles [os outros estudantes] prestaram atenção em mim e viram que eu tinha alguma coisa diferente. Foi aí que não me senti sozinho."

Revelar para a família que era gay também não foi fácil para Smith. Mas a reação dos seus pais, que o acolheram, surpreendeu o ator, segundo ele contou para a revista. 
"Eles foram maravilhosos. Eles disseram que estavam apenas esperando que eu dissesse alguma coisa. Eles eram muito mais avançados do que eu acreditava."

Smith lembrou ainda que se sentiu relaxado ao gravar "Sense 8" -a série teve duas temporadas e depois foi cancelada. "Pensei: finalmente, posso ser eu mesmo." Depois do programa, ele atuou na minissérie World on Fire, superprodução da BBC.

Questionado sobre o que ele diria hoje para o menino que foi, o ator respondeu:  "Eu apenas o abraçaria e diria: 'Está tudo bem.'"

Em seu Instagram,  Smith compartilhou uma foto da capa da revista e escreveu:  "Bom dia, mundo. A equipe da revista me procurou e eu sabia que era a hora. Espero que haja outras pessoas por aí como eu (e não como eu!) que possam se identificar. Nada além de amor! Agora vamos festejar."

Fonte: Folha Press

Imprimir