Cidadeverde.com
Política

Secretário de Planejamento projeta evolução financeira do Estado para 2020

Imprimir

O secretário de Planejamento, Antonio Neto, está otimista quanto à situação financeira do Estado para 2020. Segundo ele, é possível ter evolução no próximo ano, graças aos recursos que chegarão oriundos das operações de crédito.

"A nossa projeção para 2020 é uma evolução na nossa situação financeira. Esta é a expectativa. Ingressando essas operações de crédito, pelo menos algumas delas, a tendência é que nós possamos, tendo esses recursos que planejamos, como o precatório do Fundef e liberação das operações de crédito, ter um volume de recursos de 3 bilhões de reais no ano de 2020", disse Antonio Neto em entrevista à TV Cidade Verde.

Segundo o gestor, as operações estão em fase burocrática. "As operações externas que estamos fazendo, no caso do BID e Fida, em torno de 118 milhões de reais, já passaram pelo Gtec (Grupo Técnico da Cofiex, Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), e no dia 15 de dezembro será sumetida a apreciação da Cofiex. Esse é o primeiro passo para se chegar ao Tesouro Nacional, que avalia a capacidade de pagamento e endividamento e começar a tramitação para fazer a contratação. As operações que não precisam de aval da uniao estão em fase de avaliação pela STN. As operações estão em fase burocrática", detalha.

Antonio Neto frisou que as operações entram como receita de capital no Estado. "O Fundef, por exemplo, só pode ser gasto com políticas públicas para a educação", afirmou.

Sobre o limite com gasto de pessoal, no começo de 2020 deve ser feita uma nova avaliação pela Comissão de Gestão Financeira do Estado. "Não temos ainda uma previsão. Atendencia é que a gente possa fazer essa avaliação no primeiro quadrimestre. Havendo possibilidade, o governador vai tomar uma decisão sobre o servidor", finalizou.

Foto: Yasmim Cunha

Com informações da TV Cidade Verde
[email protected]

Tags: Seplan
Imprimir