Cidadeverde.com
Geral

PF apreende R$ 3 mil em cédulas falsas e investiga transporte via Correios

Imprimir

Foto: PF-PI

A Polícia Federal cumpriu na tarde desta quinta-feira (21) mandado de busca e apreensão em uma residência no bairro Ininga, zona Leste de Teresina, para investigar a distribuição e circulação de cédulas falsas oriundas do estado de São Paulo. O mandado foi expedido pela Justiça Federal em Teresina. 

Durante as buscas, foram apreendidas 60 cédulas falsas com valor nominal de R$ 50,00 , todas com mesmo número de série, totalizando R$ 3 mil em dinheiro falso. 

As cédulas falsas foram despachadas no município de Osasco (SP), por meio dos serviços postais dos Correios. Um suspeito foi intimado a comparecer à Polícia Federal para prestar depoimento.

Segundo as investigações, há indícios de remessa regular de cédulas falsas a partir do estado de São Paulo para o estado do Piauí.

A Polícia Federal alerta a população a observar os elementos de segurança e autenticidade das cédulas verdadeiras. As instruções de verificação, bem como as orientações de como proceder em caso de recebimento de cédulas falsas, constam no portal do Banco Central do Brasil.

Sinais como a marca-d'água, o número escondido e a faixa holográfica podem ajudar na certificação nas notas de 50 e 100 reais. Nas notas de 10 e 20 reais o número muda de cor. 

Falsificação

A falsificação é crime previsto pelo artigo 289 do Código Penal, com pena prevista de 3 a 12 anos de prisão. De acordo com a lei, quem tentar colocar uma cédula falsa em circulação depois de tomar conhecimento de sua falsidade, mesmo que a tenha recebido de boa fé, pode ser condenado a uma pena de 6 meses a 2 anos de detenção.

Valmir Macêdo (Com informações da PF)
[email protected]

Imprimir