Cidadeverde.com
Geral

Estudante é baleado dentro de carro após jogo do Flamengo; estado é grave

Imprimir

Foto: arquivo pessoal Facebook

Um caso nebuloso, segundo o delegado do 8º Distrito Policial, Ricardo Moura.

Um estudante de Odontologia foi baleado na cabeça, no último domingo (24), após comemoração da vitória do Flamengo contra o River Plate pela Copa Libertadores da América. 

Ele estava com amigos, quando passavam pela BR-343, próximo à entrada do bairro Dirceu, quando um tiro atingiu o carro, em movimento, e acertou a cabeça de Geniscléo Pereira da Silva, 31 anos, que estava no banco de trás ao lado da namorada. O fato aconteceu por volta de 1h30 às 2 h da madrugada de domingo.

No veículo, com vidros fumê, havia seis pessoas, que estavam em direção à zona sul para deixar o estudante e a namorada em casa. Os relatos são de que não havia movimento de carros na rodovia, não tinha pessoas andando. A informação é que ninguém sabe de onde partiu o tiro. 

"Não gosto de usar a expressão bala perdida, mas todas as hipóteses estão sendo analisadas. A única hipótese que descarto 100% é de assalto e que o estudante não era alvo de nenhum inimigo", disse o delegado Ricardo Moura, do 8º DP. 

Ele já ouviu os amigos de Ginescléo que estavam no veículo e todos relatam a mesma coisa que não viram de onde partiu o tiro. 

"Eles contam que ouviram um barulho, pensaram até que era um pneu furado e quando perceberam que o estudante estava sangrando e que havia um furo de bala no vidro traseiro", disse. 

Os amigos socorreram o estudante e levaram para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Ele passou por cirurgia neurológica, continua internado em estado grave, e com quadro estável. 

A cunhada do estudante fez um desabafo na rede social, veja:

Yala Sena e Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir