Cidadeverde.com
Viver Bem

Poeira é o inimigo em comum para os alérgicos

Imprimir

Está crescendo o número de casos de alergia no mundo. Pesquisadores acreditam que 50% das pessoas vão apresentar algum caso muito em breve. Entre as mais comuns estão: rinite alérgica (30%), urticárias (25%) e asma (10%). E elas têm um inimigo em comum: a poeira.

Toda vez que o alérgico tem contato com a poeira, acaba tendo os sintomas. Nessa situação, ela fica com a mucosa respiratória inflamada. Qualquer coisa irritante, química ou não, acaba produzindo a reação, como perfumes e determinados produtos químicos.

Tratamento

O tratamento das alergias respiratórias exige alguns pontos de atuação. O primeiro passo é identificar e, assim, eliminar o fator que provoca o problema. Se a causa é um determinado produto químico com um cheiro mais forte, ele deve ser evitado ao máximo.

Além disso, é necessário ainda utilizar medicamentos. Durante as crises, os remédios vão atuar no combate ao problema. Entretanto, alguns também são usados para atuar diretamente nos sintomas. É um possível ainda a produção de uma vacina para reduzir a sensibilidade do paciente ao fator causador.

Muito frequente, a urticária tem várias causas. Mas, de forma geral, é provocada por algo ingerido pela pessoa. Nesse caso, o problema pode ser causado por alimento, mas também por medicamentos.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir