Cidadeverde.com
Cidades

Acidente mata duas mulheres e deixa mais de 14 feridos no Piauí; áudio mostra desespero

Imprimir

Foto: Divulgação/PRF

Atualizada às 12h34min

Um grave acidente envolvendo um ônibus da empresa Princesa do Sul deixou duas mulheres mortas e mais de 14 feridos no Km 116 da BR-135, na madrugada desta segunda-feira (9). O veículo capotou próximo à cidade de Bertolínia, no Sul do Piauí. 

As duas mulheres mortas foram identificadas como Flávia Barros Amorim e Evani Carvalho Ribeiro e Sousa. As vítimas eram servidoras públicas da secretaria municipal de Saúde e Social da cidade de Ribeiro Gonçalves. 

Flávia era psicóloga e Evani técnica em enfermagem. Nesta manhã a prefeitura de Ribeiro Gonçalves divulgou nota de pesar lamentando a morte das servidoras [veja nota abaixo].

A empresa Princesa do Sul informou ao Cidadeverde.com que no ônibus, que fazia linha Teresina- Uruçuí, havia 35 passageiros. 14 destes foram encaminhados com ferimentos ao Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano[veja os nomes dos pacientes atendidos aqui]. Outros estão em outros hospital da região.

Ainda não há um número exato de feridos. Uma das pessoas feridas no acidente é a capitã  da Polícia Militar do Piauí, Diana Paula. Durante o acidente ela enviou áudios através do aplicativo Whatsapp pedindo socorro. 

"Tem muita gente ferida, pessoas mortas. Eu peço uma ajuda. Ônibus virou, caiu em um barranco.Eu estou muito machucada, sangrando, mas tem muitas pessoas presas, tem crianças presas[...] Estou tentando ligar para o 190 e o 190 não atende",disse a capitã [ouça abaixo].

Também no áudio a capitã supõe que o motorista do ônibus dormiu. No entanto,  o chefe de Transporte da Princesa do Sul, Ribamar Neves, afirma que a informação não procede. "Tinha dois motoristas e os dois estavam descansados. Um, inclusive, estava de férias. O motorista disse que vinha uma carreta no sentido contrário e, para não bater de frente, jogou o ônibus para o outro. Infelizmente duas pessoas ainda morreram", lamenta.

A Polícia Rodoviária Federal atendeu a ocorrência e está fazendo levantamento dos detalhes do acidente. 

Somente neste ano a BR- 135, conhecida popularmente como Rodovia da Morte, registrou 125 acidentes. Destes, 55 foram graves e resultaram em 38 mortes. O superintendente da PRF no Piauí, Stênio Pires, disse que ainda é prematuro para afirmar o que causou o acidente envolvendo o ônibus da Princesa do Sul. Em 15 dias um laudo deve ser concluído.

"Ainda é cedo para dizer o que causou. Pode ter sido excesso de velocidade, pode ser as características da via", esclarece. Equipes da PRF estão no local e sinalizaram o trecho onde aconteceu o acidente. A via já está liberada. 

 


Izabella Pimentel
[email protected] 

Imprimir