Cidadeverde.com
Geral

Permissionários do mercado do Renascença II serão remanejados durante reforma

Imprimir

A primeira etapa das obras de reforma do Mercado do Renascença foi iniciada com a construção da área para o remanejamento dos permissionários. O local, onde vai funcionar provisoriamente o Mercado, fica na avenida Pedro Teixeira, próximo ao CAIC do Parque Itararé. A obra será executada pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sudeste (SDU Sudeste), através de empréstimo com o Banco do Brasil e tem valor aproximado de R$3,6 milhões.

O novo pavilhão erguido pela Prefeitura vai ser utilizado durante todo o período de reforma, garantindo o bom atendimento aos consumidores que frequentam o local diariamente. Com isso, será dado aos permissionários totais condições de manter as vendas para grande parte da população da zona Sudeste.

Localizado no cruzamento da Rua Jornalista Lívio e Rua Valter Braga, o Mercado do Renascença II passará por uma grande revitalização em sua estrutura. Com área de 1.338m², o projeto de reforma prevê instalações convencionais elétricas, sanitárias e hidráulicas. Também será trabalhada instalações SPDA (Sistemas de Proteção contra Descargas Atmosféricas) e de combate a incêndios. O local terá ainda área para estacionamento, estrutura administrativa, área exclusiva para cargas e descargas, lixeiras seletivas, rampas de acessibilidade, banheiros masculinos e feminino normal e com acessibilidade, boxes e bancadas de hortifruti.

De acordo com o Superintendente da SDU Sudeste, Evandro Hidd, a reforma do mercado contempla uma melhor estrutura tanto aos feirantes e comerciantes quanto aos consumidores, que irão adquirir um espaço com mais qualidade e com melhores condições de higiene. “Esse é um mercado tradicional, que atende não só a região do Renascença II como também bairros vizinhos. A Prefeitura de Teresina tomou para si a responsabilidade de revitalizar esse lugar, devolvendo autoestima a clientes e comerciantes, e nós da SDU Sudeste iremos executar essa importante obra”, enfatizou Evandro Hidd.

Da redação
[email protected] 

Imprimir