Cidadeverde.com
Esporte

Iarley, sobre vitória do Paysandu na Bombonera: "foi o jogo que mudou minha vida"

Imprimir

Foto: Reprodução

Poucos times brasileiros já tiveram a honra de vencer o Boca Juniors. Assistir futebol online grátis de um duelo com o time argentino é sonho de muito torcedor brasileiro. Há 16 anos, uma equipe do norte do país conseguiu um feito importantíssimo: vencer o Boca jogando em La Bombonera, histórico estádio de um dos maiores clubes da América do Sul. 

Como assistir futebol ao vivo e não se lembrar daquele dia, o longínquo 24 de abril de 2003, quando a equipe venceu o time argentino por 1 a 0, nas oitavas de final da Libertadores daquele ano. Iarley, um atacante pouco conhecido no futebol mundial, foi o responsável por anotar o gol que deu a vitória ao time brasileiro, após receber passe do volante Sandro Goiano, aos 22 minutos do 2º tempo. 

"Uma partida daquela grandeza, contra o todo poderoso Boca Juniors, na Bombonera, era um duelo que eu estava esperando para demonstrar meu futebol e mostrar para todos o meu potencial", disse Iarley em entrevista ao site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). 

Apesar da boa vantagem garantida no primeiro jogo, o time paraense não conseguiu segurar o Boca Juniors no segundo jogo do mata-mata, e acabou sendo derrotado por 4 a 2, dentro do Mangueirão. A eliminação, no entanto, não mudou o orgulho que a torcida paraense mantém do time, tampouco o modo como a carreia de Iarley decolou após aquele jogo.

O bom desempenho de Iarley jogando diante do Boca fez com que a equipe argentina o contratasse meses depois. Na Argentina, Iarley conquistou o Torneio Clausura de 2003 e o Mundial de Clubes do mesmo ano, após vencer o Milan nos pênaltis, após empate no tempo normal por 1 a 1. Foram 27 jogos e cinco gols com a camisa do clube argentino. De lá, Iarley se transferiu para o Dorados, do México, mas acabou retornando ao Brasil pouco tempo depois, em 2005, para atuar pelo Internacional.

O atacante foi peça fundamental do Colorado campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes da Fifa, ambos em 2006. Na competição continental, o título veio diante do São Paulo, que havia vencido o torneio no ano anterior.

Já na final do Mundial de Clubes, o adversário foi o poderoso Barcelona, de Ronaldinho Gaúcho, Samuel Eto'o, Deco, entre outros craques. Foi de Iarley o passe para Adriano Gabiru marcar o gol da histórica conquista do clube gaúcho.
 
Dois anos depois do título Mundial e de muito sucesso em Porto Alegre, Iarley foi negociado com o Goiás, onde permaneceu até 2010, quando foi transferido para o Corinthians. A passagem pelo clube paulista foi apagada e não deixou saudades, apesar da expectativa que se tinha em relação ao atacante. 

Depois do Corinthians, atuou ainda por Ceará, novamente no Goiás e, por último, o Paysandu, onde se aposentou, em 2014. Atualmente, Iarley é coordenador técnico das categorias de base do Internacional. 

Imprimir