Cidadeverde.com
Últimas

Dezembro Roxo incentiva doar parte do Imposto de Renda para projetos sociais

Imprimir

Foto: ValmirMacedo/CidadeVerde.com

Parte do Imposto de Renda pode ser doado para os Fundos da Infância e Adolescência, os FIAs. Tal possibilidade está prevista na legislação tributária vigente e, em Teresina, apenas 222 pessoas sabem disso, pois esta foi a quantidade de doações na última declaração.

O Imposto de Renda é um dos tributos mais popularizados pela mídia. Somente a pesquisa pela palavra-chave “Imposto de Renda”, no Google, por exemplo, gera mais de 60 milhões de resultados relacionados.

Quando é feita a procura por “doação do Imposto de Renda”, o número de resultados é quase 10 vezes menor, totalizando apenas 7 milhões. Isso explica por que muitas pessoas ainda não sabem que existe essa possibilidade.

Foi com base nesses dados que nasceu a campanha sem fins lucrativos Dezembro Roxo, cujo objetivo é conscientizar os contribuintes de Teresina e estimular as doações, que podem mudar o rumo do País, através de investimento de parte do IR que já iria para os cofres públicos. 

O dinheiro doado é investido em projetos que proporcionam condições de vida digna para crianças e adolescentes.

Sobre o Dezembro Roxo

A Campanha Dezembro Roxo é uma campanha nacional que tem a missão de conscientizar os contribuintes sobre a importância de doar o Imposto de Renda para os FIAs estaduais e municipais, estimulando uma grande mudança no País todo.

Eduardo Canova, o coordenador nacional da campanha, afirma que a prática ainda é desconhecida no país. "A nossa causa é disseminar a informação para os contribuintes, pois entendemos que essa é uma prática não muito usual, no Brasil. Quem não gostaria de destinar parte do dinheiro que já iria para o Leão, para ajudar crianças e adolescentes? A gente entendeu que a campanha precisa crescer, para provocar uma mudança no País, sem custo para quem quer ser solidário", destacou.

Dezembro Roxo em Teresina

Os FIAs do País inteiro visam garantir o acesso das crianças e adolescentes a itens básicos de dignidade humana, como estudo, cultura, água, saúde e educação.

 São muitos os que vivem em situação de privação extrema, tendo que recorrer aos semáforos ou se submeter ao trabalho infantil, por exemplo, para conseguir sobreviver, numa idade em que outros estímulos deveriam estar sendo prestados.

As doações podem ser realizadas  até o dia 27 de dezembro de 2019.

Segundo os organizadores da campanha, quanto antes doar, mais dedução vai conseguir. O governo incentiva a prática e a campanha Dezembro Roxo está apenas disseminando essa informação.

O benefício pode chegar a 6% de dedução para as pessoas físicas, se elas enviarem suas declarações pelo modelo completo, até o final de 2019. Contudo, o benefício de até 3% também é garantido para quem preferir doar entre 1º de janeiro e 30 de abril de 2020, diretamente pela declaração de IR.

Já as pessoas jurídicas podem conseguir até 1% de abatimento, se forem tributadas pelo regime de Lucro Real.

 

[email protected] 

Imprimir