Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Cotado para ser candidato, Montezuma diz que prefere Charles da Silveira

Imprimir

Integrante da lista de nomes do prefeito Firmino Filho para disputar as eleições 2020 em Teresina, o secretário de educação da capital, Kleber Montezuma, aposta em outro nome para ir às urnas. Segundo ele, o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Charles da Silveira, seria, na sua opinião, o melhor sucessor de Firmino ao Palácio da Cidade.

Se eu fosse perguntado (sobre a candidatura em Teresina) e se eu pudesse dizer, eu diria o professor Charles Silveira. É o meu preferido”, disse em entrevista à TV Cidade Verde, citando ainda o nome do secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antônio Aires.

“Se bem que o prefeito também colocou agora o nome do engenheiro Marco Antônio Aires, que conhece Teresina como poucos. Ele tem feito um trabalho belíssimo”, pontuou.

Fora da gestão tucana, Montezuma lembrou de Sílvio Mendes como outro nome forte para disputar a eleição do ano que vem. “Fora dos quadros, mas que está em nosso campo: Dr. Sílvio Mendes. É um homem de equipe, companheiro. Foi um excelente prefeito”, declarou.

Foto: Yala Sena

Ainda de acordo com o secretário, uma das preocupações de Firmino é saber se, além de vencer a eleição, o nome escolhido tem capacidade para administrar a cidade.

“O prefeito sempre pontua que tem que ser um nome competitivo e que vá para a eleição para ganhar. Mas, ao lado disso, o prefeito levanta uma grande preocupação que é um nome em que, ao tempo em que é capaz de ganhar a eleição, também seja capaz de administrar a cidade de Teresina. O prefeito abre um leque e esse leque que ele abre são todos nomes preparados. São gestores testados e pessoas que dão conta do recado”, ressalta.

Crítico feroz da administração estadual, Montezuma concorda com o prefeito que, em entrevista à TV Cidade Verde, disse que a eleição 2020 será contra um candidato do Palácio de Karnak.

“O MDB é mais governo que o próprio PT. Ele está entranhado. Não tem como não dizer que o candidato do MDB não é do governo. O Fábio Abreu está secretário há 8 anos. Está na raiz”, declarou.

Hérlon Moraes
[email protected]

 

Imprimir