Cidadeverde.com
Política

Velório de Fernando Monteiro é marcado por homenagens e enterro será às 17h

Imprimir
  • monteiro2.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0040.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0037.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0036.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0031.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0030.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0029.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0028.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0027.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0026.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0025.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0024.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0022.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0021.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0020.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0019.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0018.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0017.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com
  • IMG-20191227-WA0016.jpg Roberta Aline/Cidadeverde.com

O velório do deputado estadual, Fernando Monteiro (PRTB), reuniu  autoridades, amigos e familiares. A despedida é marcada por homenagens na Assembleia Legislativa do Piauí. O corpo chegou em Teresina por volta das 6h e seguiu em carro aberto dos Bombeiros até a Alepi.  

O sepultamento ocorrerá, às 17h, no cemitério São José, na zona Norte de Teresina. 

Fernando Monteiro foi homenageado pela escola de samba Ziriguidum, que cantou sambas que o deputado admirava.

Emocionada, a viúva Fabiana Monteiro acompanha o velório ao lado dos filhos. 

Atualizada às 8h40

O corpo do deputado estadual, Fernando Monteiro, 68 anos, chegou a Assembleia Legislativa em um carro do Corpo de Bombeiros. O parlamentar foi recebido  com salva de palmas.

Fernando Monteiro morreu ontem (26) no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, vítima de câncer no fígado.  

Amigos e familiares se despedem no deputado. O velório acontece na Assembleia Legislativa do Piauí. 

A bateria da escola de samba Ziringuidum fez uma homenagem ao deputado. Ele é fundador da escola e um dos incentivadores do Carnaval.

Bastante emocionado, o filho Marcos Monteiro, suplente de vereador, afirmou que deseja levar o exemplo do pai para vida.

"Quero ser para meus filhos como ele foi para mim. É um exemplo de pai. Muito carinhoso e amigo. Para o Piauí ele deixa um legado de muito trabalho. O que ele fez pelo Piauí ficará na história", afirma. 

O caixão foi carregado pelos policiais da guarda da Assembleia. O presidente da Casa, Themístocles Filho, e os demais deputados participaram da recepção ao corpo.

 

Atualizada às 7h50

O corpo do deputado estadual Fernando Monteiro (PRTB) chegou em Teresina por volta das 5h30 desta sexta-feira (27) e foi recepcionado por amigos e familiares. Da funerária, o corpo será levado no carro do Corpo de Bombeiros à Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) onde ocorrerá uma cerimônia reservada à família e em seguida aberta ao público. O parlamentar morreu em decorrência de um câncer no fígado. Da aeronave, ele foi colocado em um carro da funerária sob aplausos.

"A gente vem lutando desde março com um tratamento para essa enfermidade. Ele bravamente lutou e com a certeza que poderia sair dessa. É um momento difícil não só para mim, mas para todo o Piauí. Quero agradecer também às famílias de todos os nossos amigos e o carinho de me ligarem e me darem todo o conforto", disse a esposa Fernando Monteiro.

Bastante abalado, o filho Marcos Monteiro também aguardou a chegada do corpo no aeroporto de Teresina. 

"Aqui fica a dor da família e amigos próximos. O sentimento não tem como explicar com palavras. Mas fica um legado grande. Um deputado com longa história política, de trabalho, de honestidade e retidão. Isso nos orgulha", disse o filho. 

A amiga e presidente do PRTB Mulher no Piauí Janete Caminha relembra a luta de Fernando Monteiro pela vida.

"Acompanhei de perto toda a luta dele no Sírio Libânes [...] ele sempre falava nos filhos, pedindo a Deus que o ajudasse que tinha muita gente que dependia dele. Ele lutou. O que mais queria era viver [...] e era o tempo todo preocupado com as pessoas. Encontrar ele nessa situação é muito dificil", disse a amiga. 

Foto: Roberta Aline

Sobre o caixão estará uma bandeira escola de samba da Ziriguidum a pedido da família. 

"O Piauí perdeu um grande sambista, não por ser um carnavalesco nata, mas por gostar de incentivar a cultura, o Carnaval em Teresina. A Ziriguidum hoje está chorando essa perda que foi o fundador e presidente eterno da Ziriguidum", disse o filho. 

O sepultamento está previsto para 17h30 no cemitério São José, na zona Norte de Teresina. 

 

Graciane Sousa e Lídia Brito
[email protected]

Imprimir