Cidadeverde.com
Últimas

FMS investiga morte de adolescente por complicações de catapora em Teresina

Imprimir

Foto: Rodrigo Nunes/Ministério da Saúde

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) investiga a morte de uma adolescente de 13 anos por complicações da doença Varicela, também conhecida como Catapora, em Teresina.

A paciente, identificada como Giovana Karina dos Santos Silva, segundo a FMS, recebeu os primeiros atendimentos no Hospital da Primavera e depois foi transferida para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) após considerável piora no seu quadro clínico, por volta das 23h de quinta-feira (02). 

"Ela apresentava quadro grave de dispnéia e dor torácica por complicações de Varicela, e foi prontamente atendida, mas veio a óbito às 1h38 da manhã (de hoje). O caso está em investigação pela Diretoria de Vigilância em Saúde da FMS, que enviou o resultado do exame de sorologia para o LACEN e aguarda o resultado para confirmação", informa  a FMS por nota.

A FMS explica que "a catapora é uma doença infecciosa aguda, altamente transmissível, causada pelo vírus varicela-zóster".

Prevenção

De acordo com a Fundação, a vacina é a forma mais segura de prevenir a doença. "A tetra viral é aplicada em crianças com 15 meses de idade, mas só após ela ter recebido a tríplice viral aos 12 meses. Caso a tríplice não tenha sido ministrada, basta procurar o posto de saúde mais próximo. Neste caso, a tetra viral é aplicada após 30 dias".

A tetra viral também protege contra as doenças: caxumba, rubéola e sarampo.

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir