Cidadeverde.com
Geral

Mãe de jovem morto no Pedra Mole diz que filho tem ficha limpa e faz esclarecimentos

Imprimir

A mãe do jovem - que morreu vítima de acidente no bairro Pedra Mole - se revoltou com a notícia de que seu filho estava fugindo da Polícia durante a colisão, e faz esclarecimentos. 

Segundo ela, o filho Saymon Thallys Silva Lima, de 23 anos, estava vindo de uma festa quando ocorreu a colisão. O acidente aconteceu no feriado de Sete de Setembro do ano passado e três pessoas ficaram feridas, inclusive o Saymon.

"Meu filho estava numa festa no povoado Soinho e não voltou à noite com medo da violência e resolveu retornar pra casa ao amanhecer. Ele estava com um amigo e não fugia da Polícia. É uma informação que não é verdadeira. Meu filho tem uma ficha limpa, trabalhava, e nunca foi envolvido com polícia ou justiça", disse a mãe Ana Cláudia Silva Lima.

Ela procurou o portal Cidadeverde.com para fazer os esclarecimentos e apresentou documentos que mostram que Saymon não tem antecedentes criminais. 

"É inverídico que meu filho estava “fugindo”, tanto que não consta nenhuma denúncia contra ele, assim como ele não responde a nenhum processo, seja no âmbito cível ou criminal", garantiu a mãe. 

No dia do acidente, ele estava pilotando uma moto quando se desequilibrou e caiu, sendo atropelado por um mototáxi. Saymon foi socorrido pelo Samu, mas três dias depois ele não resistiu aos ferimentos e morreu. Ana Cláudia esclarece ainda que a moto do filho não tinha qualquer restrição e pertencia a ele, contradizendo o que o PM falou de que a motocicleta era fruto de roubo.

Saymon, nas horas vagas era jogador de time de futebol amador, e deixa uma filha. 

 

Flash Yala Sena
[email protected]

Imprimir