Cidadeverde.com
Economia

No Piauí, diretor da ANP aponta busca por petróleo a gás natural

Imprimir

Foto: CCom

Nesta quarta-feira (15), o governador Wellington Dias recebeu o diretor da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Décio Oddone, para tratar sobre produção de gás natural veicular (GNP) e exploração de petróleo na Bacia do Parnaíba. Estudos são feitos há anos buscando encontrar combustíveis fósseis no estado.

“O Piauí é um estado rico em energias; temos potencial para eólica, solar, hidrelétrica e biomassa. Temos estudos também que apontam a possibilidade de prospecção de gás e petróleo na Bacia do Parnaíba, da qual fazemos parte com o delta. Os resultados são positivos para o nosso litoral. Nós acertamos aqui uma programação para transformar esse potencial em desenvolvimento”, disse o governador.

Wellington Dias informou ainda que o Estado quer criar ferramenta colaborativa para economia de preços de combustível. “Durante a reunião, colocamos em pauta também o interesse em participarmos de um aplicativo voltado para a avaliação da qualidade de combustível e melhores preços. Isso pode facilitar muito a vida da população”, garantiu Wellington.

Os gestores informaram que em fevereiro haverá um encontro com empresas interessadas em investir na Bacia do Parnaíba. “Esperamos integrar o gás natural com energia solar, eólica e petróleo”, pontuou Dias.

“Já estamos conversando com o Governo do Estado há algum tempo e a ideia é aprofundar esses estudos para acelerar essa busca de gás natural e petróleo que, se for encontrado, vai trazer inúmeros benefícios para o estado”, disse o presidente da ANP.

Participaram ainda da audiência, o secretário de Estado da Mineração, Howzembergson de Brito; o secretário de Governo, Osmar Júnior, e o diretor-presidente da Gaspisa, Roberto Alves.

Da Redação
[email protected]

 

Imprimir